Rosinha em ação no Parapan de Guadalajara, em 2011 (Foto: Divulgação)

Rosinha estreará no dia 8 de setembro nos Jogos Paralímpicos do Rio (Foto: Divulgação)

LANCE!
30/08/2016
14:30
Rio de Janeiro

Esperança de medalha no arremesso do peso e no lançamento do martelo, a paratleta Rosinha dos Santos sonha subir pela terceira vez no pódio dos Jogos Paralímpicos. A estreia dela no Rio de Janeiro será no Engenhão será no dia 8 de setembro.

Rosinha, que teve uma perna amputada depois de um acidente, levou ouro nas duas provas há 16 anos, em Sydney. Recentemente, a brasileira voltou ao cenário com o bronze no arremesso de peso na categoria F56/57 no Parapan de Toronto, em 2015.

- Estou muito animada em disputar mais uma Paralimpíada, desta vez em casa. Moro no Rio de Janeiro e competir no quintal de casa com certeza é um incentivo a mais. Podem esperar o melhor de mim, porque vou lutar para representar todos os brasileiros da melhor forma possível, no pódio de preferência - disse a pernambucana, que disputou os Jogos Paralímpicos também em 2004, em Atenas, e em 2008, em Pequim.

A paratleta, de 44 anos, voltou às pistas em 2015 depois de um afastamento de um ano causado por um câncer linfático na garganta descoberto em janeiro de 2014.

- Não podia tomar sol, não podia fazer esforço e tive que me afastar do esporte. Só em 19 de janeiro do ano passado que recebi alta para começar a treinar levemente. Fui trabalhando até chegar aqui - relatou Rosinha, que, aos 18 anos, foi atropelada por um motorista embriagado e perdeu a perna, que torna sua trajetória um verdadeiro exemplo de superação.