natalia mayara fez um jogo equilibrado contra a número três do mundo e lamentou detalhes que fizeram a diferença.

Natalia Mayara foi ovacionada pela torcida no Parque Olímpico (Foto: Danilo Borges/Brasil2016.gov.br)

LANCE!
12/09/2016
13:05
Rio de Janeiro

A brasileira Natalia Mayara saiu da quadra 2 do Centro Olímpico de Tênis ontem com lágrimas nos olhos. A derrota para a britânica Jordanne Whiley, número três do mundo, por 2 sets a 0 (6/4 e 6/1), a eliminou dos Jogos Paralímpicos Rio-2016 no tênis em cadeira de rodas mas, sob gritos de seu nome e muita festa, Natalia foi consolada por amigos, familiares e pela torcida.

- Vai ficar marcado no meu coração para sempre. Foi muito especial. Me senti muito amada e acolhida. Todo mundo tem me dado muito carinho e vibrações positivas. Vou voltar com mais vontade, trabalhar mais ainda para, da próxima vez, fazer mais bonito - disse a tenista.

- Sei que um momento igual a esse vai ser difícil de acontecer. Vou levar todo esse carinho que recebi. É emocionante. Você vê que as pessoas não estão se importando muito com o resultado. Estão torcendo por mim, independentemente do que eu fizer dentro de quadra, vão estar do meu lado. Principalmente minha família e meus amigos. Eles sabem o quanto eu lutei e trabalhei para estar aqui. Vê-los reconhecendo tudo isso é muito bom - disse.