Público se emocionou com a cerimônia no Boulevard Olímpico

Boulevard Olímpico teve momentos de emoção do público durante os Jogos no Rio (Reprodução LANCE!TV)

LANCE!
22/08/2016
14:04
Rio de Janeiro

A Olimpíada acabou, mas deixa como legado para o Rio de Janeiro um novo “cartão postal”. Ao longo de 17 dias, o clima na região portuária no Rio de Janeiro foi de celebração na nova área da cidade, que recebeu o maior live site da história dos Jogos Olímpicos e ficou conhecida como Boulevard Olímpico. O sucesso foi tão grande que a Prefeitura do Rio decidiu manter atrações no local, mesmo no período de recesso antes da Paralimpíada. Quem visitar o local entre esta segunda-feira, 22 de agosto, e 6 de setembro encontrará diversos artistas de rua, poderá aproveitar as comidinhas dos food trucks e bares e verá a galeria de arte urbana que a Avenida Rodrigues Alves virou.

- O sucesso do evento foi tão grande que Boulevard Olímpico acabou virando o nome do local. É muito gratificante ver, após meses de trabalho, que a população e os turistas se divertiram com as atrações e torceram a cada disputa nos telões espalhados pelos três quilômetros do evento. A ótima receptividade do público foi o melhor reconhecimento que podíamos ter. Ninguém saiu sem uma foto da “Pira do povo” e do mural Etnias, de Eduardo Kobra, que entrou para o Guinness World Records como o maior mural de grafite do mundo. Estas duas obras de arte ficam de legado para a cidade - conta Antonio Pedro Figueira de Mello, secretário especial de Turismo do Rio.

O Boulevard Olímpico transmitiu as principais competições esportivas e promoveu eventos diversos a todos os cariocas e turistas. Durante o período da Rio 2016, o local contou com três espaços montados pela cidade: o maior deles aconteceu no Porto Maravilha; outro no Parque Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e o terceiro no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande.

Ao todo, entre 5 e 21 de agosto, o Boulevard Olímpico (somando Porto Maravilha, Madureira e Miécimo) recebeu cerca de 4 milhões de pessoas e firmou-se como o maior evento público já realizado na história dos Jogos.

Batizado de “xodó dos cariocas”, o Boulevard Olímpico virou ponto de encontro da diversão e ficou no topo da lista de pontos turísticos da cidade mais visitados no período dos Jogos. Da Praça XV até a Av Rodrigues Alves, passando pela novíssima Orla Conde e pela revitalizada Praça Mauá, a cada passo o público interagia com os artistas de rua, aproveitava o cenário para sessões de fotos, acompanhava as disputas nos seis telões de alta definição e curtia os shows dos três palcos instalados.

- Nos telões exibimos mais de 100 horas de transmissões esportivas. A vibração da torcida na emocionante vitória do Brasil conta a Alemanha, o silêncio de segundos para ver o fenômeno Usain Bolt e os gritos de Brasil a cada medalha deram o clima das grandes arenas ao Boulevard - afirmou Gaetano Lops, diretor geral da Gael Comunicação, agência de Live Marketing responsável pela criação e organização do evento.

Uma das atrações do Boulevard Olímpico, o Balão Panorâmico Skol voltará a partir desta terça-feira e o público poderá subir a 150 metros de altura para conhecer o Centro do Rio de um outro ângulo. Já a Casa Brasil continuará funcionando neste período pré-Paralimpíada entre 14h e 20h.