LANCE!
01/11/2016
07:00
São Paulo (SP)

Nos últimos anos, La Masia foi considerada a maior fábrica de talentos do mundo, de onde saíram Iniesta, Xavi e Messi. A academia de talentos do Barcelona, no entanto, foi deixada para trás pelos rivais do Real Madrid.

La Fabrica, como é conhecida academia de formação dos Merengues, foi considerada a melhor base entre as cinco grandes ligas europeias (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália), segundo o CIES Football Observatory.

De acordo com o estudo, La Fabrica revelou sete jogadores para o time do Real Madrid, além de 34 jogadores para times das cinco grandes ligas. No Real, destacam-se Casilla, Carvajal, Nacho, Lucas Vázquez e Morata, além de Borja Valero, Casillas, Diego López e Soldado espalhados por outros clubes.

La Masia emplacou Jordi Alba, Iniesta, Busquets, Rafinha e Messi, mas o estudo exclui Piqué, que não esteve no Barcelona em três temporadas entre os 15 e 21 anos de idade.

Curiosamente, na lista dos 15 times que mais revelam jogadores para as cinco grandes ligas, há um sul-americano, o River Plate, com 20 jogadores. Segundo o estudo, o Athletic Bilbao é o clube que tem mais atletas da base no elenco, com 17.