LANCE!
08/11/2016
07:10
São Paulo (SP)

Pelo segundo ano consecutivo, o Corinthians é eleito pela revista Forbes o clube de futebol mais valioso das Américas. Mesmo com a crise financeira e os maus resultados dentro de campo, o Timão supera o Palmeiras e o Grêmio.

O ranking da Forbes tem como base quatro fatores principais: o valor de mercado dos jogadores do elenco, as cotas de televisão, o valor do estádio e o valor da marca. Evidentemente, times dos maiores centros financeiros do continente são os destaques, como Brasil, EUA e México.

Além de citar a numerosa torcida, a Forbes diz que o Corinthians, avaliado em R$ 1,7 bilhão, ganha muito com direitos de tv, publicidade e vendas de camisas, mas o valor da Arena também colabora na conta.

Em segundo na lista, o Palmeiras é avaliado em R$ 1,5 bilhão e tem em seu estádio um dos maiores poderes financeiros e o número de sócios-torcedores atrai a atenção das marcas, como a Adidas. Assim como os outros dois brasileiros, o Grêmio chama a atenção por seu novo estádio e seus jovens valores, como Luan.

O melhor argentino da lista é o River Plate, apenas em 21º lugar, avaliado em R$ 470 milhões, menos de 30% do valor do líder Corinthians. Segundo a revista, os motivos da ausência dos argentinos nas primeiras posições passa por uma severa crise econômica, problemas de corrupção e disputas políticas.

O Brasil tem ainda outros dez clubes no top-50, que tem ainda times dos EUA, do México, do Canadá, da Colômbia e do Chile.