LANCE!
16/12/2016
10:35
São Paulo (SP)

Os maus resultados e a ausência na Libertadores do ano que vem custaram caro ao técnico Oswaldo de Oliveira em mais uma passagem pelo Corinthians. Na última quinta-feira, o presidente Roberto de Andrade anunciou a saída do trinador, que ficou apenas nove jogos no comando da equipe.

No período, Oswaldo de Oliveira teve números pouco expressivos. Em dois meses, foram nove jogos, duas vitórias, quatro empates e três derrotas, uma delas a eliminação para o Cruzeiro na Copa do Brasil.

Neste século, desde 2001, apenas três técnicos comandaram o Corinthians por menos jogos que Oswaldo. O recorde negativo pertence ao comentarista Júnior, que em 2003 ficou no clube por duas partidas e pediu demissão.

Em 2001, o uruguaio Dario Pereyra dirigiu o clube em seis jogos, assim como Fábio Carille neste Brasileiro, sem contar o período em que foi interino.

Outros técnicos que ficaram menos de 20 jogos no clube desde 2001 são Zé Augusto (10), Geninho (11), Nelsinho (11), Ademar Braga (15), Daniel Passarella (15), Adílson Batista (17), Juninho (17) e Cristóvão Borges (18).

Fonte: Almanaque do Timão, do jornalista Celso Unzelte.