Vitorio Piffero

Vitorio Piffero nega falsificação de documentos enviados ao STJD (Foto: Omar Freitas/Agencia RBS)

RADAR/LANCE!
09/12/2016
20:48
Rio de Janeiro (RJ)

O desembarque do Internacional no Rio de Janeiro foi conturbado. Após a denúncia da CBF no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), declarando que o Inter utilizou documentos falsos no processo em que pediu a reabertura do 'caso Victor Ramos', nesta sexta-feira, o presidente Vitorio Piffero manifestou-se e exigiu que a situação seja amplamente investigada. 

- Claro que não (houve falsificação). Fiquei sabendo agora, no desembarque, sobre essa nota oficial. O Internacional vai fazer a mais ampla e completa investigação sobre a questão. Estou acionando nosso jurídico para que tenha dedicação mais completa. O Inter quer a mais ampla investigação sobre todos os fatos relacionados – afirmou o presidente do Internacional. 

A CBF alega serem falsos os e-mails que teriam sido trocados entre o diretor de de registros da CBF, Reynaldo Buzzoni, e dirigentes do Vitória, em que o clube baiano era aconselhado a seguir os trâmites de transferência internacional na contratação do zagueiro Victor Ramos. A suposta conversa vazou em alguns veículos de imprensa, foi usada como prova e arquivada nos autos do processo no STJD.  Na suposta conversa por e-mail, o Vitória foi aconselhado a seguir os trâmites de transferência internacional.

O zagueiro foi contratado por empréstimo pelo Vitória do Monterrey (MEX) e o departamento jurídico do Inter alega que o clube baiano deveria ter feito uma transação internacional, mas a janela já estava fechada. O lado Rubro-Negro responde que o registro do defensor ainda estava no Brasil e a transação foi nacional. Ele ainda esteve emprestado ao Palmeiras até o final de 2015. 

Alegando a falsificação dos documentos, a CBF solicitou ao Tribunal que encaminhe um ofício ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro para "instauração de procedimento criminal destinado a apurar a responsabilidade penal dos autores da falsidade".

No que se refere ao futebol dentro das quatro linhas, o Internacional volta a campo neste domingo, quando enfrenta o Fluminense, às 17h (de Brasília), no Giulite Coutinho, no Rio de Janeiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O Colorado é o 17º na tabela, com 42 pontos, e, além de vencer o Flu, precisa torcer por tropeços de Sport e Vitória, que estão com dois e três pontos de vantagem, respectivamente, para se manter na Série A em 2017.