Paulão, do Internacional

Paulão disse que falta atitude ao Inter (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

RADAR/LANCE!
05/07/2016
14:33
Porto Alegre (RS)

A derrota por 1 a 0 no Gre-Nal do último domingo complicou ainda mais a vida do Internacional no Brasileirão. Já é o quinto jogo sem vitória e, por isso, o zagueiro e capitão Paulão precisou começar a dar explicações na manhã desta terça.

- Não temos outra coisa a fazer além de trabalhar. O início da semana começa com pressão. Sabemos o peso de perder um Gre-Nal, mesmo que estivéssemos na ponta da tabela. É um campeonato à parte. Estamos calejados. Temos que sair dessa posição incômoda, tudo que você possa pensar. Um ponto nunca será lucro. A responsabilidade aumentou.

Paulão fez questão de tirar o nome de Argel da lista de culpados pelo mau momento e disse que o time precisa ter mais atitude.

- Temos toda a responsabilidade de estar com o treinador. Nos momentos bons era ele, a mesma equipe, os mesmos trabalhos. Só entrou o Seijas, que todo mundo queria que jogasse. A culpa não é do Seijas ou do Argel. Nossa atitude tem deixado a desejar. Temos que respaldá-lo e trabalhar. É o trabalho de cada um, mas não podemos colocar a responsabilidade. Precisamos acordar. Mostrar que o Inter que foi líder é o mesmo. A atitude está um pouco distante.

- Atitude temos, mas um pouco atrasada. Ela está um pouco demorada, espaçada. Ela está vindo atrasada. Ou empatamos, buscamos o resultado. Mas não viemos tendo de um tempo. Temos atitude, mas estamos deixando ela retardada para o segundo tempo - completou o zagueiro.