Caçapava

O volante deu seus primeiros passos no Gaúcho, time de Caçapava do Sul, então com seus 18 anos de idade. Ele ainda vestiu as camisas de clubes como Corinthians e Palmeiras (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
27/06/2016
12:25
Porto Alegre (RS)

O torcedor do Internacional acordou mais triste nesta segunda-feira. E não é só pela derrota diante do Botafogo, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Um dos maiores ídolos do Colorado, Luís Carlos
Melo Lopes, conhecido como Caçapava (apelido por ser natural de Caçapava do Sul, no Rio Grande do Sul) faleceu após sofrer um infarto aos 61 anos de idade. 

O ex-jogador do Inter na década de 70 morreu em seu município de origem. Caçapava trabalhava no setor de relacionamento social do Internacional e participava dos eventos consulares do clube gaúcho.

- O Internacional lamenta a perda do craque que marcou a história do Clube e deseja força aos amigos e familiares - comentou o Inter em seu site oficial. 

O enterro do ex-volante, que foi bicampeão brasileiro e tetra gaúcho com a camisa colorada, está marcado para 17h, no Cemitério Municipal de Caçapava do Sul. Ele seria o primeiro condutor da tocha olímpica na região.

Caçapava e Falcão
Falcão ao lado do amigo Caçapava (Foto: Divulgação)

Através de sua assessoria de imprensa, Paulo Roberto Falcão, amigo e ex-companheiro de quarto nas concentrações do Internacional na década de 70, se declarou muito triste com a notícia do falecimento do "irmão".

Confira a nota na íntegra:

"Recebi com muita tristeza a notícia da morte do meu querido amigo e irmão Caçapava.

Se dentro das quatro linhas ele foi um grande jogador, fora foi uma das pessoas mais doces e sensíveis com quem convivi e de cuja sincera amizade compartilhei por muitos anos.

Que a família deste grande homem tenha o conforto necessário para enfrentar este difícil momento."