Falcão

REPRODUÇÃO

RADAR/LANCE
24/07/2016
16:22
Campinas(SP)

O empate com a Ponte Preta, mesmo aumentando o longo jejum do Internacional sem vitória, agradou ao técnico Falcão, que destacou a raça do time e o fato de ter buscado um empate fora de casa, com um a menos(Fernando Bob foi expulso aos 12 do segundo tempo).  

– Quero ressaltar que o time, por tudo o que tem vivido, tendo sofrido um gol aos 50 segundos e um expulso, ainda buscou o empate. O time não sentiu.  A partir de amanhã precisamos corrigir alguma coisas. Não podemos deitar no empate que, dentro das circunstâncias, foi excepcional. Mas há coisas a melhorar.  

Por fim, o comandante pediu tempo para que o Inter retome o caminho das vitórias. Nos últimos oito jogos, são apenas dois pontos conquistados.  Ele também lembrou que mal comandou treinos e novamente destacou a postura da equipe. 

– Tivemos seis treinamentos. A compactação é complicada. Não ocorre de uma hora para outra. Mas quero ressaltar a vibração deles no vestiário por tudo que foi. Caso fosse 11 contra 11 (jogadores) talvez não valorizássemos, mas sei das dificuldades. Quero valorizar isso. 


Com o resultado, o Inter chega a 10°, com 21 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por Fluminense, Vitória e Chapeocense. Na próxima rodada, o time enfrenta o Corinthians. A partida está marcada para o domingo, às 16h, no Beira-Rio.