Argel diz que atuação do Inter no Gre-Nal foi a melhor sob seu comando

Argel criticou segundo tempo do Internacional e ainda acredita na classificação para Libertadores de 2016

RADAR/LANCE!
29/11/2015
11:44
Porto Alegre (RS)

O Inter fez um bom primeiro tempo contra o Fluminense e poderia até ter matado o jogo. Porém, na segunda etapa o Colorado voltou mal e acabou cedendo o empate ao Tricolor no Maracanã. Essa foi a avaliação do técnico Argel Fucks, que também ficou na bronca com a arbitragem da partida. Porém, o treinador do Internacional diz que isso não pode ser justificativa para o resultado.

– Temos chances, fizemos um primeiro tempo muito bom, entramos bem na partida, fizemos o gol com cinco. Poderíamos ter matado o jogo no primeiro tempo, teve um jogador expulso. No segundo tempo não conseguimos fazer uma boa partida, o adversário cresceu, teve um pênalti que foi pênalti e o juiz não deu, um pênalti claro. Aí, depois, o pênalti do Vitinho não é pênalti e o árbitro dá, no afã de compensar. E tivemos um pênalti a nosso favor que achei que foi pênalti. Mas não justifica, nosso segundo tempo não foi bom, não jogamos um bom futebol. Não conseguimos transformar esse número de jogadores a mais em qualidade. Mas estamos vivos – disse o treinador.

Apesar de as chances de Libertadores terem diminuído, Argel ainda acredita na classificação. Ele lembra de 2014, quando o Inter também conseguiu a vaga de forma dramática na última partida.

– Temos que fazer nosso trabalho como fizemos sempre. Para nós sempre foi difícil. Ano passado foi na última rodada, aos 50 minutos. Eu estava no Figueirense, empate aos 46 e virou aos 50. A gente sabe que é difícil. Matematicamente ainda existe a possibilidade. Chegamos na última rodada com chances, claro que diminuíram, a gente tem que reconhecer, principalmente em função do segundo tempo – analisou Argel.