Treino do Inter no Passo D'Areia

Na primeira fase do Gauchão, Inter já treinou no gramado sintético do Passo D'Areia (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

LANCE!
20/04/2016
17:40
Porto Alegre (RS)

Para Anderson, a responsabilidade no duelo entre Internacional e São José - que decidem uma vaga na final do Campeonato Gaúcho - está toda do lado do Gigante do Beira-Rio. Mesmo assim, o camisa 8 do Colorado pregou respeito ao adversário, que teve a segunda melhor campanha na primeira fase do Estadual e jogará em casa neste sábado, no Estádio Passo D'Areia, às 18h30.

- Sempre pressionou (o fato de o Inter ser um time maior). O Inter tem de estar na final, temos de estar na final. Temos essa responsabilidade, com todo o meu respeito ao São José. Para mim, a maior equipe hoje jogando é o Bercelona. E acabou caindo. Futebol é detalhe hoje – disse, em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

Após o 0 a 0 na partida de ida, no Beira-Rio, o Internacional precisa marcar gols na tempo regulamentar para garantir a vaga na final do Estadual nos 90 minutos. Com um novo empate sem gols, a decisão irá para os pênaltis.

A missão não é das mais fáceis. O Zequinha tem a melhor defesa do Campeonato Gaúcho, com apenas sete gols sofridos em 15 partidas. Além do bom desempenho defensivo do rival, Anderson alerta para outra dificuldade no confronto: o gramado sintético do Estádio Passo D'Areia.

- Não é suficiente (apenas um treino no Passo D'Areia). Joguei o meu Mundial sub-17 todo em gramado sintético. Se eu te disser que não faz a diferente, vou estar mentindo. Faz, sim. Se estiver calor, piso fica muito quente. Se chover, a bola vai correr mais. Temos ainda que cuidar, porque a borracha pode trancar a bola – explicou Anderson.