Seleções treinam no Handebol Futuro, time da região/ Foto: Handebol Futuro - I Play Beach Handball

Seleções treinam no Handebol Futuro, time da região/ Foto: Handebol Futuro - I Play Beach Handball

Bruna Souza, Dois Minutos
07/07/2016
17:00
Porto Alegre

Desde o último dia 20 de junho as Seleções Brasileiras de Handebol de Areia Feminina e Masculina estão em João Pessoa (PB) realizando a última fase de treinos antes do Mundial, que será em Budapeste (HUN), de 12 a 17 de julho. Prestes embarcarem, os atletas tem se destacado, e os treinadores tem a difícil tarefa de escolher os convocados ao campeonato.

No feminino 16 jogadoras, no masculino 17 pleiteiam as 10 vagas, cada, para compor os elencos que disputaram o Mundial. Tarefa nada fácil para a treinadora Rossana Marques, do Feminino, e Antônio Guerra Peixe, do Masculino. Mas se isso tira o sono dos técnicos, o mesmo não se pode dizer dos atletas que estão em um nível intenso e bastante focados.

As Seleções estão passando por três perídos de atividades, duas pela manhã e uma a tarde. De acordo com Stanley Mackensie, coordenador de handebol de areia da CBHb, isso ocorre visando manter os atletas no melhor nível possível, além de colocá-los em ritmo de jogo. "Os treinamentos estão dentro do previsto. A disputa de vaga está intensa, todos estão querendo fazer parte do grupo que vai ao Mundial. Vamos ter essa definição até o fim da semana", ressaltou Mackensie.

As Seleções Brasileiras de Handebol de Areia embarcam para a Hungria no sábado, dia 9, e tentaram repetir o feito de 2014: a conquista dupla do título. No masculino, o Brasil é tetracampeão e buscará o penta, já no feminino, o Brasil é tricampeão e buscará o tetra.