Seleção Brasileira Júnior tem nesta sexta e sábado os jogos mais difíceis do pan/ Foto: CBHb

Seleção Brasileira Júnior tem nesta sexta e sábado os jogos mais difíceis do Pan/ Foto: CBHb

Bruna Santos de Souza, Dois Minutos
14/04/2016
20:35
Porto Alegre

As brasileirinhas entraram em quadra sem a mínima piedade das canadenses, e começaram a partida abrindo vantagem e desenhando a goleada que o placar final marcaria, 30 a 6. A partida foi válida pelo Pan-Americano Juvenil, e o saldo de gols foi ampliado. Nesta sexta-feira, 15 de abril, o Brasil encarará a Argentina, às 18h.

A Seleção Brasileira encerrou o primeiro tempo na frente, 16 a 3, e no segundo tempo só ampliou a vantagem. Mesmo assim o técnico da Seleção, Cristiano Rocha, disse que a equipe nacional ainda precisa melhorar, mas sentiu que as atletas estavam um pouco desconcentradas. “Apesar do placar bem elástico, pecamos um pouco na concentração. Sabíamos os resultados anteriores mostravam uma supremacia técnica do Brasil, mas acredito que a nossa equipe poderia ter se concentrado mais, e isso gerou muitos erros técnicos”.

Na sexta a Seleção Brasileira encarará a Argentina, às 18h, e no sábado enfrentará o Paraguai, às 20h, encerrando a competição. Para Rocha esses serão os adversários mais difíceis do Pan. “Amanhã e depois temos jogos importantes. Na minha avaliação até agora, Argentina e Paraguai tem um nível técnico bom e esperamos jogos bem duros contra esses dois adversários. Serão como duas finais”, enfatizou o treinador.

Nesta quinta-feira, o Paraguai venceu a Argentina, por 29 a 25. Com o resultado as Seleções Brasileira e Paraguaia garantiram as vagas para o Mundial da Categoria, que acontecerá na Eslováquia, com duas rodadas de antecipação.