Handebol - Tamires Morena Araujo (foto:Divulgação)

A caçula do Handebol, Tamires Morena, conta com o apoio da torcida e da família nas Olimpíadas (foto:Divulgação)

LANCE!
25/07/2016
17:53

Para Tamires Morena, que é a única carioca da equipe, de 22 anos, não existe pensamento negativo. É na base de muito trabalho que ela espera dar o maior presente aos brasileiros, em agosto.

A determinação é a marca da atleta que esteve na equipe que ganhou o ouro no Pan de Toronto, em 2015, e que foi eliminada pela Romênia nas oitavas de final do Mundial do ano passado. A derrota doeu, mas trouxe um aprendizado que pode ajudar já na primeira fase dos Jogos Olímpicos.

- A Romênia, que tirou a gente no Mundial, está na nossa chave. Isso vai ser bom, porque sabemos como nos preparar para nos defender delas - disse a atleta, ao site Brasil2016.

Handebol Brasil x Cuba (foto:WANDER ROBERTO)
SeleçãoFeminina de Handebol  pentacampeão no Pan 2015  (foto:WANDER ROBERTO)

A estreia da equipe já vai ser eletrizante. A primeira adversária é nada menos que a bicampeã olímpica, a Noruega, em 6 de agosto. A Romênia será enfrentada no dia 8. Na sequência, sempre em dias pares, virão Espanha, Angola e Montenegro, para fechar a primeira fase. As quartas de final estão marcadas para o dia 16 de agosto, as semifinais serão realizadas no dia 18 e a grande final ocorrerá no dia 20.

- A seleção está bem confiante, amadureceu, está com uma mentalidade de ouro, isso é muito importante. A nossa seleção passou por muita coisa. Agora, para as Olimpíadas, tudo que a gente tinha que passar a gente já passou. Vai ser o momento de mostrar que a nossa seleção tem capacidade de dar a volta por cima e conseguir o ouro olímpico - concluiu Tamires Morena.

Já concentrada com a seleção no Centro de Capacitação Física do Exército, no Rio, Tamires agora conta os dias para a estreia. A torcida, segundo ela, será fundamental.