Duda Amorim - Handebol (Foto: Cinara Piccolo/Photo&Grafia)

Duda Amorim - Handebol (Foto: Cinara Piccolo/Photo&Grafia)

Bruna Souza, Dois Minutos
16/09/2016
22:22
Porto Alegre (RS)

Duda Amorim estreia na temporada 2016/2017 da Liga Húngara nesta sexta-feira, 16 de setembro, e no primeiro dia de retorno as quadras a atleta encara a colega de Seleção Brasileira Samira Rocha. Duda está no Györ e Samira Kisvárdai.

“Essa semana começa a liga húngara e estou feliz por defender meu clube em mais um ano. O jogo será conta o Kisvárdai, equipe da Samira Rocha. A gente se conhece muito bem, ela é uma ótima jogadora, muito veloz e habilidosa”, falou Duda.

“No segundo jogo já encontraremos o grande rival Ferencváros, um clássico aqui na Hungria. Em outubro, começa a Champions League, batemos na trave ano passado e agora vamos com tudo buscar mais esse título”, contou.

Duda integrou ao grupo do Györ com a preparação em andamento devido ao período com a Seleção na Rio 2016, vê o atual campeão ainda mais forte e ressalta que as novas regras foram bastante treinadas pelo elenco.

“Voltei direto da Olimpíada para a Europa, a preparação já tinha começado. Meu técnico ainda me deu alguns dias que aproveitei com meu marido na Macedônia. Agora o foco está com meu clube, nosso time é praticamente o mesmo do ano passado quando ficamos em segundo na Liga dos Campeões. Recebemos um ou dois esforços e acredito que estamos mais fortes. Já tivemos alguns amistosos e estamos nos readaptando ao estilo de jogo do nosso treinador. Também treinamos como lidar com as novas regras que começaram a ser usadas durante as Olimpíadas”, ressaltou a atleta.

Além das novas regras do esporte houve mudança no regulamento como um atrativo a mais nas disputas da liga húngara a partir desta edição. Sobre isso ela concluiu: “Esse ano tem novas regras. Não terá mais o playoff na parte final e fica ainda mais interessante jogar uma liga assim, onde todo o jogo é praticamente um mata-mata. Quero defender o título mais um ano, a taça tem que ficar em Gyor”.