Sorteio das chaves será no dia 29 de abril na Arena do Futuro/ Foto: Norbert Barczyk - IHF

Sorteio das chaves será na Arena do Futuro/ Foto: Norbert Barczyk - IHF

Bruna Souza, Dois Minutos
21/04/2016
19:58
Porto Alegre

A Tocha Olímpica foi acessa nesta manhã de quinta-feira, 2 de abril, em uma bela cerimônia e chegará em terras brasileiras no dia 3 de maio. Mas antes do fogo que mantém a tradição e a força dos Jogos chegar, descobriremos em quais grupos as seleções de handebol masculina e feminina jogaram a primeira fase da disputa pelas medalhas no handebol. E parte deste sorteio já começou com a definição dos potes para o sorteio.

Na última quarta-feira, 20, a Federação Internacional de Handebol (IHF) divulgou os potes para o sorteio das chaves da primeira fase das Olimpíadas Rio 2016. O sorteio será realizado no dia 29 de abril durante o evento teste na Arena do Futuro. As Seleções Brasileiras, feminina e masculina, ficaram no pote quatro.

As primeiras seleções a serem sorteadas serão do pote seis, e o sorteio terá sequência na ordem decrescente, pulando o pote quatro (no qual está o Brasil). Por ser o país-sede, o Brasil poderá escolher em qual grupo quer ficar, após o sorteio de todos os outros potes.

No feminino os potes ficaram com as seguintes seleções:

Pote 1: Noruega e Holanda;
Pote 2: Romênia e Rússia;
Pote 3: Suécia e Montenegro;
Pote 4: Brasil e França;
Pote 5: Espanha e Argentina;
Pote 6: Coréia do Sul e Angola.

No masculino as seleções ficaram assim:

Pote 1: França e Polônia;
Pote 2: Eslovênia e Dinamarca;
Pote 3: Croácia e Suécia;
Pote 4: Brasil e Tunísia;
Pote 5: Alemanha e Qatar;
Pote 6: Argentina e Egito.

A Tocha Olímpica #Rio2016 é acessa

Cerimônia do fogo Olímpico/ Foto: Divulgação - COB
Cerimônia do fogo Olímpico/ Foto: Divulgação - COB

A Tocha Olímpica #Rio2016 foi oficialmente acessa na manhã desta quinta-feira, em Olímpia, na Grécia. Depois de uma rápida passagem pela Grécia e pela Suíça o fogo olímpico chegará ao Brasil, no dia 3 de maio.

A cerimônia teve a atriz Katerina Lehou, representando a sacerdotisa de Hera. Katerina acendeu a pira com a skaphia (suporte de espelho côncavo que converte os raios para um ponto específico) e repassou a chama olímpica ao ginasta grego Eleftherios Petrounias, que abriu o revezamento. Petrounias, então, percorreu o local passand pelo Monumento Pierre de Coubertin, repassando a Tocha ao bicampeão olímpico de vôlei, Giovane Gávio.

Estou muito emocionado. Está difícil falar. Receber a Tocha aqui neste lugar sagrado é único, fantástico”, disse Gávio ao site do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos.

A Cerimônia de Acendimento da Pira Olímpica teve a participação de 29 atores e 13 dançarinos, e foi organizada pelo COI, e conduzida pelo presidente do comitê, Thomas Bach. A Chama Olímpica viajará pela Grécia por seis dias. Após a Chama seguirá para Genebra, na Suíça, para uma cerimônia da Organização das Nações Unidas (ONU). No dia 30 de abril a Tocha será levada ao Museu Olímpico, em Lausanne, também na Suíça, onde fica a sede do COI. De lá vem para o Brasil, e desembarca em Brasília no dia 3 de maio.