Renato Gaúcho - Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Vai voltar? Ídolo dentro de campo, Renato tem duas passagens pelo Grêmio como técnico (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

LANCE!
17/09/2016
00:05
Porto Alegre (RS)

O Grêmio já teria feito convite a um treinador para ser o substituto de Roger Machado, que pediu demissão na última quarta. E o convidado seria Renato Portaluppi, ídolo do clube na condição de atleta e de duas passagens no comando tricolor. Segundo o "Zero Hora", ele está pensando na proposta que é até o fim do ano, quando se encerrará o atual mandato do presidente Romildo Bolzan. 

O contrato curto não seria um empecilho para Renato, que está afastado da função desde abril de 2014, quando deixou o Fluminense. Romildo Bolzan já garantiu que o Grêmio não busca um técnico empregado e que o ideal é propor um vínculo até o fim do Brasileirão. O mandatário, no entanto, negou que Renato tenha sido procurado para ser esse profissional.

– Não houve convite. Não encaminhamos nada nesse sentido. Avaliamos nomes. Todos os debates estão abertos. Especular faz parte do processo. No momento, isto não é verdadeiro – disse o mandatário tricolor, à Rádio Gaúcha, durante o banquete do aniversário de 113 anos do Grêmio, celebrado nesta sexta à noite.

A certeza no Grêmio é que o auxiliar James Freitas comandará o Tricolor de forma interina no próximo domingo, quando o Tricolor receberá o Fluminense, na Arena, às 16h. O time tenta encerrar uma sequência de seis jogos sem vitórias no Brasileirão.