Grêmio x San Lorenzo

Jogo duro: Grêmio arrancou o empate no fim na Argentina (Foto: Reprodução/Grêmio)

LANCE!
15/03/2016
23:47
Buenos Aires (ARG)

O Grêmio arrancou um empate heroico, em 1 a 1, diante do San Lorenzo na noite desta quarta-feira, no Estádio Nuevo Gasómetro. Após sofrer um gol de pênalti no início, o Imortal contou com as defesas de Marcelo Grohe e a estrela de Lincoln, de 17 anos, que arrancou o empate aos 44 minutos da etapa final. Confira como foi o jogo em Tempo Real. 

O empate manteve o Tricolor Gaúcho da segunda posição do Grupo 6 da Copa Libertadores. Com cinco pontos, o Imortal está atrás do Toluca (MEX), que soma sete pontos. San Lorenzo e LDU somam três pontos cada.


A quarta rodada do Grupo 6 tem seu complemento apenas no dia 5 de abril. No México, o líder Toluca, com sete pontos, recebe a LDU, que soma três pontos. Caso vença, o time mexicano praticamente garante sua classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores.

Na quinta rodada, o Grêmio enfrentará a LDU na altitude de Quito, no Estádio Casa Blanca. O duelo está marcado para o dia 13 de abril. No dia 12, o Toluca volta a atuar em casa. Desta vez diante do San Lorenzo.

Na rodada decisiva do Grupo 6, que acontecerá no dia 19 de abril, o Grêmio recebe o Toluca na Arena e o San Lorenzo encara a LDU no Estádio Nuevo Gasómetro.

O JOGO

O árbitro Andrés Cunha apitou o início do jogo, o San Lorenzo tocou alguns passes e, aos dois minutos, Marcelo Oliveira cometeu pênalti - totalmente desnecessário - em Belluschi, que estava de costas para o gol. O capitão Ortigoza bateu e converteu, sem chances para Marcelo Grohe. O Imortal respondeu imediatamente e teve três boas chances de empatar antes dos dez minutos. Geromel, Douglas e Luan, no entanto, finalizaram para fora.

Aos poucos, o San Lorenzo encaixou a marcação sobre os meio-campistas do Grêmio. O volante Edinho foi o único a ter liberdade, e não conseguiu criar muito. Então, Marcelo Grohe começou seu show particular. Após falha de Maicon, Cauteruccio teve todas condições para ampliar, mas o camisa 1 do Imortal fez uma defesa espetacular. Belluschi, em chute cruzado, também obrigou o goleiro a trabalhar. Antes do intervalo, o Ciclón ainda acertou uma bola no travessão e viu Geromel salvar uma bola em cima da linha.


A defesa do Grêmio voltou para a etapa final mais atenta, diminuindo os espaços dos meio-campistas argentinos. A partida passou a ser mais disputada na área central e as chances de gol diminuíram.

Somente depois de Romagnoli entrar no San Lorenzo, Roger Machado mexeu no Grêmio. Saíram Giuliano e Douglas - que pouco criaram enquanto estiveram em campo -, entraram Lincoln e Bobô, aos 19 minutos.

A última cartada de Roger foi a substituição de Luan - que foi bem marcado por Ortigoza - por Pedro Rocha. Opção de velocidade, o camisa 32 pouco pôde fazer enquanto esteve em campo.

A partida já parecia perdida. O Ciclón trocava passes com tranquilidade e apenas esperava o apito final para selar uma vitória tranquila. Aos 44, no entanto, Lincoln castigou os mandantes.

Maicon roubou a bola no meio de campo e lançou Everton. O atacante foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou rasteiro para Bobô, que brigou com a zaga. Então a bola foi oferecida para Lincoln, que chutou fraco, mas venceu Torrico: 1 a 1.

Antes do apito final, Marcelo Grohe defendeu chute à queima-roupa de Caruzzo, selando a atuação espetacular e garantindo um ponto importantíssimo para as pretensões do Grêmio na Libertadores.

FICHA TÉCNICA
SAN LORENZO 1 X 1 GRÊMIO


Data: 15/03/2016, às 21h45
Local: Estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires (ARG)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Miguel Nievas (URU) e Carlos Pastorino (URU)
Renda/Público: ND.

Cartões amarelos: Ortigoza (SLO); Marcelo Oliveira e Maicon (GRE).
Cartão vermelho: Não houve.

Gols: Ortigoza (1-0, 3'/1ºT) e Lincoln (1-1, 44'/2ºT)

SAN LORENZO: Torrico; Buffarini, Angeleri, Caruzzo e Emmanuel Mas; Mussis (Blundi, 45'/2ºT), Néstor Ortigoza, Belluschi e Blanco (Romagnoli, 15'/2ºT); Cerutti e Cauteruccio (Mauro Matos, 28'/2ºT) - Técnico: Pablo Guede.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Ramiro, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano (Lincoln, 19'/2ºT), Douglas (Bobô, 19'/2ºT) e Éverton; Luan (Pedro Rocha, 31'/2ºT) - Técnico: Roger Machado.