Werley, do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Werley ainda não jogou desde que voltou (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

RADAR/LANCE!
28/02/2016
17:01
Porto Alegre (RS)

Desde que voltou ao Grêmio depois de empréstimo para o Santos, Werley ainda não jogou pelo Grêmio. No entanto, isso não desanima o zagueiro, que segue esperando uma chance no time do técnico Roger Machado. Em entrevista ao “Zero Hora”, o defensor contou que acredita estar no planos do treinador gremista.

- Se eu estivesse fora dos planos, não estaria no grupo. Não teria nem me reapresentado no clube. Se estou no grupo, estou dentro. Tenho é que respeitar a decisão do treinador. O Roger tem suas escolhas, ele sabe do que é o melhor para o time. Tenho é que buscar meu espaço e aproveitar as oportunidades – disse.

Werley contou que já sabia que iria ficar fora da lista de inscritos do Gauchão. No entanto, o zagueiro foi inscrito na Libertadores e não escondeu a felicidade por isso.

- Da lista do Gauchão eu sabia que ia ficar fora. O Roger conversou comigo. Foi pelos jogadores do ano passado, que ajudaram muito ele. E pelas contratações do Kadu e do Fred. Até que apareceu a chance de estar na lista da Libertadores. Fiquei muito feliz por isso, era algo que eu não esperava.

Agora, o jogador está esperando a sua chance. Ele admite que o período sem atuar é difícil, mas garante que vai procurar aproveitar a sua chance quando ela aparecer.

- Estou com gana de voltar a jogar. A cada treino, fico imaginando como seria voltar a estar dentro de campo. Cada treino é como se fosse um jogo. Quando tiver minha oportunidade, vou dar o meu melhor para me firmar novamente. Não adianta ficar triste. Para reconquistar meu espaço, preciso trabalhar – afirmou o zagueiro, revelando também que tem uma boa relação com Roger.

- Tivemos uma conversa bem simples quando voltei. Tenho muito respeito pelo Roger, já trabalhamos juntos quando ele era auxiliar e sempre nos demos muito bem. No futebol, poucas são as pessoas sinceras. E ele foi muito sincero. Eu preciso mostrar a ele no dia a dia que tenho condições de estar no time.