Rui Costa (Foto: Divulgação / Grêmio)

Rui Costa não cessou seca de títulos do Grêmio (Foto: Divulgação / Grêmio)

RADAR / LANCE!
06/05/2016
13:36
Porto Alegre (RS)

A eliminação traumática na Copa Libertadores rendeu mudanças na cúpula de futebol do Grêmio. No início da tarde desta sexta-feira, o clube oficializou em nota a demissão de Rui Costa do cargo de executivo de futebol.

"O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunica que Rui Costa não responde mais pelo cargo de Executivo de Futebol do Clube".

O nome de Rui Costa passou a ser questionado pela diretoria especialmente após a queda do Tricolor gaúcho para o Juventude, na semifinal do Gauchão. De acordo com informações da Rádio Gaúcha, o próprio ex-dirigente teria pedido demissão após a goleada por 3 a 0 sofrida para o Rosario Central (ARG).

Alçado ao cargo em novembro de 2012, na gestão de Fábio Koff, Rui Costa não contribuiu para cessar a carência de títulos do Grêmio. Durante seu período como executivo de futebol, a equipe obteve apenas um vice-campeonato brasileiro de 2013 e bateu na trave nos Estaduais de 2014 e 2015.

Em sua gestão, foram cinco treinadores e 51 contratações. Há rumores de que o diretor de futebol, César Pacheco, também tenha sua demissão anunciada em breve.