Roger Machado quer colocar o Grêmio na Libertadores-2016 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Roger minimizou o calor que tem feito em Porto Alegre, local da pré-temporada do Imortal (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

LANCE!
15/01/2016
17:17
Porto Alegre (RS)

Na contramão de alguns concorrentes brasileiros, o Grêmio manteve praticamente todo o seu elenco para a temporada de 2016. Entre os titulares, apenas duas saídas, de Galhardo e Erazo. Assim, o técnico Roger Machado vê a sua equipe com uma "vantagem competitiva" em relação a alguns adversários brasileiros.

- A continuidade nos dá a possibilidade de já ter 80%, 90% do grupo do ano passado e a compreensão do trabalho. É mais fácil de readquirir o ritmo. É um ganho na preparação, nos dá uma vantagem competitiva em relação a outros adversários que perderam peças.

Com uma calendário apertado - o Grêmio disputará ao menos cinco competições em 2016 (Gauchão, Libertadores, Liga Sul-Minas-Rio, Brasileirão e Copa do Brasil) -, o treinador ressaltou a importância da pré-temporada para evitar lesões durante o ano.

Com ofertas para realizar a pré-temporada no interior do Rio Grande do Sul, como fez em outros anos, o Grêmio optou por ficar no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre. Para Roger, a estrutura oferecida na capital foi decisiva para a escolha.

- É muito importante fazer a pré-temporada com nossa estrutura. A recepção sempre foi agradável na Serra, mas em relação a questão de estrutura, temos uma vantagem bastante significativa - declarou Roger, que minimizou o calor que tem feito em Porto Alegre:

- Em outros lugares também faz bastante calor. Em Porto Alegre, que tem o apelido de Forno Alegre, mas a medida que a gente pode, temos atrasado a atividade e damos uma molhada com eles em campo. Faz parte, já fiz muita pré-temporada com calor imenso.