Atletico Mineiro x Gremio

Renato Gaúcho prega cautela para o segundo jogo da decisão (foto:Andre Yanckous/AGIF)

RADAR/LANCE!
24/11/2016
00:54
Belo Horizonte (MG)

Renato Gaúcho quer entrar para a história do Grêmio agora como treinador da equipe. Após a grande vitória por 3 a 1, fora de casa, no jogo de ida da decisão da Copa do Brasil, o comandante gremista falou sobre a possibilidade de comandar a conquista que pode encerrar um jejum de títulos no clube imortal. 

- Eu fico feliz por ser lembrado pelos torcedores pelo que fiz no passado. Meu nome está na história, ninguém vai apagar. Como eu entrei, eles também têm condições de conseguir. É isso que eu passei. É lógico que quero continuar a colocar outros títulos. O nosso trabalho é buscar o título, para que este grupo possa colocar o nome na história do Grêmio.

Para o duelo de volta, que acontece na próxima quarta-feira, na Arena, Renato Gaúcho pede equipe com os pés no chão, sem clima de "já ganhou".

- A virada pode acontecer, vamos trabalhar para que não aconteça. Se tivemos essa grande atuação, fizemos por merecer. Temos um adversário muito perigoso. Possui todas as condições de ir a Porto Alegre e conseguir o resultado. Vamos esquecer esta vantagem, começar como 0 a 0. Vamos esquecer os dois gols de vantagem. Dentro da casa temos a força da nossa torcida. O trabalho vai continuar com os pezinhos no chão

- O grupo está blindado, do presidente ao roupeiro. Não vamos mudar em nada o que estamos fazendo. Vamos estar todos concentrados na segunda-feira. Para Recife, já estava definido que iria uma equipe alternativa com uma outra comissão técnica. Não estamos menosprezando o Santa Cruz, mas estamos em uma final da Copa do Brasil. Vamos seguir a nossa programação. Vamos treinar sexta, sábado, domingo e concentramos já na segunda-feira - completou falando sobre o duelo contra o Santa Cruz, do próximo fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro.