Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Além da vaga na Libertadores-2016, aspecto financeiro é motivação para o Grêmio na reta final do Brasileirão (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

LANCE!
10/11/2015
16:16
Porto Alegre (RS)

Para o Grêmio, terminar o Campeonato Brasileiro em segundo lugar valerá muito. Em especial no aspecto financeiro. Além da premiação da CBF, que recompensará o vice-líder com R$ 2 milhões a mais que o terceiro lugar, o Tricolor Gaúcho ainda pode arrecadar mais R$1,9 milhão, graças aos bônus garantidos em contratos com os patrocinadores do clube.

De acordo com o "Zero Hora", Banrisul, Tramontina, Unimed e a fornecedora de material esportivo Umbro têm bônus fixados por metas estabelecidas em contrato.

Para o terceiro colocado do Brasileirão, a CBF dará um prêmio de R$ 4,3 milhões. Para o segundo lugar, R$ 6,3 milhões. Já o campeão nacional leva a bola de R$ 10 milhões. Assim, a vice-liderança ao fim do campeonato vai significar cerca de R$ 3,9 milhões no cofre do clube gaúcho.

Como o Corinthians está muito perto de conquistar o título, a disputa pelo segundo lugar ficou entre Atlético-MG e Grêmio. E a missão do Imortal ficou mais difícil após a derrota para o Sport por 1 a 0, no último domingo.

Restando quatro rodadas para o fim do Brasileiro, o time de Roger Machado soma 59 pontos. Os comandados de Levir Culpi têm 65 pontos. Nos jogos finais, o Grêmio enfrenta Fluminense, Internacional, Atlético-MG e Joinville.

Já o Atlético-MG, além do confronto direto com o Tricolor Gaúcho, encara o São Paulo, Goiás e Chapecoense.