No Mineirão, Pedro Rocha foi muito mais herói que vilão (foto: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio)

Pedro Rocha é  o grande nome do Grêmio diante do Santa Cruz foto: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio)

LANCE!
25/11/2016
16:53
Porto Alegre(RS)

Com um 3 a 1 construído no primeiro jogo da final da Copa do Brasil, fora de casa, o que deixa o Grêmio bem perto do título, qualquer erro ou desgaste de jogador pode ser fatal para levantar a taça.

Por isso, o treinador Renato Gaúcho preferiu não dar chances ao azar e optou por mandar somente reservas e jogadores da base para a partida com o Santa Cruz, no próximo domingo, às 19h30, no Arruda.

Os titulares, assim como o próprio comandante, ficam em Porto Alegre focando no segundo jogo da final com o Atlético-MG, na próxima quarta, na Arena do Grêmio. O tricolor  será comandado pelo auxiliar James Freitas.  A delegação seguiu para Recife na tarde desta sexta-feira. 

O atacante Pedro Rocha, que marcou duas vezes no primeiro jogo da decisão, acabou sendo expulso contra o Galo e por isso está fora do segundo jogo da final. Assim, começa a partida em Recife.  

A provável escalação conta com Léo, Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Wallace Reis e Iago; Guilherme Amorim, Kaio, Negueba, Bolaños; Pedro Rocha e Henrique Almeida.