Renato Gaúcho, durante o jogo de ontem, da copa do Brasil

Renato Gaúcho e Pedro Rocha durante jogo do Grêmio diante do Galo (Foto: Andre Yanckous/AGIF/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
24/11/2016
14:25
Porto Alegre (RS)

O Grêmio foi superior ao Atlético-MG na noite desta quarta-feira, quando venceu o rival por 3 a 1, fora de casa, pelo primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil. Após o triunfo, que deu a vantagem aos gremistas na partida de volta, em Porto Alegre, o técnico Renato Gaúcho manteve a cautela e alertou sobre a força da equipe mineira. 

- A virada pode acontecer, a gente vai trabalhar para que ela não aconteça. Se o Grêmio teve uma grande atuação no Mineirão é porque o Grêmio fez por merecer, mas nós temos um adversário muito perigoso. Já falei, são de nível de seleção, um adversário muito bom. Eu sempre considerei o Atlético um dos três melhores grupos do Brasil, então eles têm todas as condições de chegar em Porto Alegre e conseguir o resultado que interessa a eles - disse, em coletiva. 

Para a decisão, na próxima quarta-feira, o Grêmio pode até perder por um gol de diferença, que leva a taça da Copa do Brasil e põe fim ao jejum de 15 anos sem 'grandes' títulos. 

- Para isso vamos trabalhar, vamos esquecer essa vantagem, vamos começar 0 a 0, da mesma forma que a gente enfrentou o time do Cruzeiro. Depois,  se precisar no final do jogo, vamos jogar com o regulamento, mas vamos esquecer esses dois gols que temos de vantagem - declarou Renato, complementando:

- Todo mundo com os pezinhos no chão, não ganhamos nada ainda. A gente tem sempre o maior respeito pela equipe do Atlético e lá vamos jogar esses outros 90 minutos - concluiu o comandante do Tricolor. 

Grêmio e Atlético-MG voltam a se encontrar na próxima quarta-feira, dia 30, às 21h45, na Arena do Grêmio. Mais de 55 mil ingressos foram vendidos.