RADAR/LANCE!
19/05/2016
15:34
Porto Alegre (RS)

Edílson está oficialmente de volta ao Grêmio. Na manhã desta quinta-feira, o clube apresentou o lateral-direito como novo reforço, o primeiro da era Alberto Guerra. O evento de apresentação foi realizado na Sala de Imprensa do CT Presidente Hélio Dourado e contou com a presença de Guerra, vice de futebol. 

O jogador, de 29 anos, retorna ao Tricolor após a primeira passagem nos anos de 2010 e 2011, assinando, desta vez, por três temporadas. Aguardando apenas seu nome sair no BID para atuar, Edílson afirmou que "não teve dúvidas" para voltar a Porto Alegre e também revelou que "aprendeu a amar" o Grêmio.

- Primeiro contato foi com o Guerra. Ele ouviu de mim a grande vontade de jogar. Claro que tenho respeito muito grande pelo Tite. São pessoas que me receberam muito bem. Cheguei ao Corinthians machucado, abriram as portas para mim. Não poderia só dizer que eu vou, mas falei da minha vontade. O Grêmio foi um clube que eu não nasci amando, cheguei aqui e aprendi a respeitar, amar. Não tive a dúvida quando tive a proposta - disse. 

Alberto Guerra e Edílson
Edílson: primeiro reforço da era Guerra (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Recém-contratado para assumir o futebol do Grêmio, Alberto Guerra admitiu que é improvável que Edílson entre em campo no próximo domingo, quando o clube gaúcho recebe o Flamengo, às 16h (de Brasília).

- Acho que vai ser difícil. É um contrato envolvendo três clubes. Esperamos ter a condição, mas já prevemos dificuldade - afirmou.

Confira os principais trechos da apresentação de Edílson:

Títulos com a camisa do Grêmio

Grêmio tem um respeito muito grande pela linda história que tem. Nos últimos anos formou grandes equipes. No ano passado, dois jogos contra o Grêmio perdemos um, foi um chocolate aqui (na Arena). Tem muito respeito. Às vezes, é um ciclo que os clubes passam. Tenho certeza que a diretoria está se esforçando cada vez mais para ajeitar a casa e seguir com anos de vitórias e títulos. Jogadores que estão aqui sabem dessa responsabilidade, sabem que a torcida está carente de títulos. Por eu ter vencido no ano passado, quero ajudar de alguma forma, para que isso aconteça.

Carência na lateral direita

No Corinthians tínhamos dois em alto nível. Tomei conta na reta final, fui campeão brasileiro jogando, está lá a minha fotinho. Corinthians está muito bem servido. A posição é uma carência, sim (no Brasil). Acredito que novos valores possam vir, e a gente possa suprir essa carência. Tenho certeza que vou dar conta do recado. Sei da dificuldade que vou ter, mas estou preparado para tudo.

O número 33

Um tio meu, gremista fanático, e eu escolhemos. Lembra a idade de Cristo, me dá sorte. Falei com o Roger quando eu estava em SP. Aqui foi mais rápido, acredito que hoje, se eu for para o campo, vá falar com ele. 

Ficha técnica:
Nome: Edílson Mendes Guimarães
Posição: Lateral-direito
Nascimento: 27/07/1986
Local: Nova Esperança/PR
Clubes: Avaí, Vitória, Atlético-MG, Veranópolis, Guarani de Palhoça, Ponte Preta, Joinville,
Juventus-SC, Grêmio, Atlético-PR, Botafogo e Corinthians.