icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
31/08/2015
17:19

O sorteio para a definição dos jogos das quartas de final da Copa do Brasil apontou o confronto entre Fluminense e Grêmio. As equipes vão fazer o primeiro duelo no Maracanã e o segundo na Arena do Grêmio. O diretor de futebol do time gaúcho, Rui Costa, acredita que, diante da história dos clubes, o fator casa não será algo tão importante.

- Em jogo com esse patamar, com equipes desta grandeza, o fator local para equipes como Grêmio e Fluminense tem importância menor. Tanto o Grêmio quanto o Fluminense já foram campeões dessa competição jogando fora de casa. O importante é como essas equipes vão resolver esse jogo de 180 minutos. É uma competição completamente diferente do Campeonato Brasileiro - analisou Rui Costa, em entrevista à Rádio Brasil.

O dirigente, que qualificou o Fluminense como um dos melhores elencos do país, explicou que a competição reúne o que tem de mais qualificado no momento. Para ele, o Grêmio está bem preparado e treinado para enfrentar os cariocas.

- O Grêmio já tinha plena convicção de que teríamos dificuldades com qualquer adversário que fosse. Pouco importa a questão de mando de campo. Claro que no momento decisivo, no segundo jogo, estar próximo de sua torcida é importante. Mas o Grêmio entente que serão duas grandes partidas, independente do local do primeiro e segundo jogo.

O duelo entre Fluminense e Grêmio vai fazer as torcidas recordarem nomes que marcaram época vestindo as camisas dos tricolores carioca e gaúcho. Ronaldinho Gaúcho, revelado pelo adversário, estará vestindo a camisa 10 do Fluminense. No Grêmio, o treinador Roger Machado, que em sua época de jogador foi o autor do gol do título da Copa do Brasil em 2007 atuando pelo Flu, será o comandante da equipe.

A primeira partida, no Rio de Janeiro, acontece no dia 23 de setembro. A segunda é no dia 30, no Rio Grande do Sul.

O sorteio para a definição dos jogos das quartas de final da Copa do Brasil apontou o confronto entre Fluminense e Grêmio. As equipes vão fazer o primeiro duelo no Maracanã e o segundo na Arena do Grêmio. O diretor de futebol do time gaúcho, Rui Costa, acredita que, diante da história dos clubes, o fator casa não será algo tão importante.

- Em jogo com esse patamar, com equipes desta grandeza, o fator local para equipes como Grêmio e Fluminense tem importância menor. Tanto o Grêmio quanto o Fluminense já foram campeões dessa competição jogando fora de casa. O importante é como essas equipes vão resolver esse jogo de 180 minutos. É uma competição completamente diferente do Campeonato Brasileiro - analisou Rui Costa, em entrevista à Rádio Brasil.

O dirigente, que qualificou o Fluminense como um dos melhores elencos do país, explicou que a competição reúne o que tem de mais qualificado no momento. Para ele, o Grêmio está bem preparado e treinado para enfrentar os cariocas.

- O Grêmio já tinha plena convicção de que teríamos dificuldades com qualquer adversário que fosse. Pouco importa a questão de mando de campo. Claro que no momento decisivo, no segundo jogo, estar próximo de sua torcida é importante. Mas o Grêmio entente que serão duas grandes partidas, independente do local do primeiro e segundo jogo.

O duelo entre Fluminense e Grêmio vai fazer as torcidas recordarem nomes que marcaram época vestindo as camisas dos tricolores carioca e gaúcho. Ronaldinho Gaúcho, revelado pelo adversário, estará vestindo a camisa 10 do Fluminense. No Grêmio, o treinador Roger Machado, que em sua época de jogador foi o autor do gol do título da Copa do Brasil em 2007 atuando pelo Flu, será o comandante da equipe.

A primeira partida, no Rio de Janeiro, acontece no dia 23 de setembro. A segunda é no dia 30, no Rio Grande do Sul.