Grêmio, de Luan, sofreu com algumas entradas duras do Danubio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Grêmio, de Luan, sofreu com algumas entradas duras do Danubio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

LANCE!
23/01/2016
18:58
Porto Alegre (RS)

O Grêmio estreou na temporada de 2016 com um empate em 1 a 1 diante do Danubio (URU) neste sábado. O amistoso, disputado na Arena, em Porto Alegre, foi marcado pelo lançamentos dos novos uniformes do Tricolor e também pelo "clima de Libertadores" entre os times, especialmente no segundo tempo.

Pelo lado do Grêmio, o destaque ficou para Everton. Titular ao lado de Luan, o jovem atacante foi o melhor em campo. Com jogadas abusadas, deu muito trabalho aos marcadores e de quebra marcou um golaço. Já o zagueiro Kadu, que fez sua estreia pelo Imortal, acabou marcando um gol contra.

O AMISTOSO "QUENTE" NA ARENA

Na primeira etapa, o Grêmio apresentou aos mais de 14 mil torcedores a tradicional camisa tricolor. Em campo, com uma equipe muito parecida com a de 2015, o Imortal dominou as ações ofensivas. Wesley, pela direita, e Kadu, na zaga, foram as novidades.

Apesar das boas tentativas de Everton, Giuliano e Wesley, que arriscaram chutes de longe, o placar não foi alterado. Quando o Danubio foi ao ataque, Geromel mostrou segurança, afastando as bolas aéreas e desarmando os adversários.

Na volta do intervalo, os times deixaram o clima de amistoso no vestiário. Já vestindo a camisa branca, Marcelo Oliveira arrancou da defesa e caiu na área, pedindo falta. No lance seguinte, o lateral do Grêmio deu um carrinho forte e a confusão foi formada. Empurra-empurra generalizado, jogo paralisado e o "clima de Libertadores" inflamou a torcida do Grêmio, que passou a cantar mais alto.

E o time respondeu. Após cobrança de escanteio do Danubio, Everton arrancou da área do Grêmio, atravessou o campo e finalizou forte de pé direito: o primeiro gol do Imortal em 2016. 

De camisa branca, Everton marcou um golaço e foi festejado pelos companheiros (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
De camisa branca, Everton marcou um golaço e foi festejado pelos companheiros (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O empate do Danubio saiu na bola aérea, único meio que os uruguaios deram trabalho a Marcelo Grohe. Grossmüller cobrou falta, Kadu tentou desviar mas marcou contra, logo em sua estreia.

Até o fim do jogo, o Grêmio teve as melhores chances com Everton, mas não chegou à vitória. As entradas violentas do Danubio, no entanto, seguiram a aparecer e Roger Machado aproveitou para dar chances aos reservas.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 1 DANUBIO (URU)


Data/Local: 23/01/2016 - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público/Renda: 13.506 pagantes (14.504 presentes) / R$ 296.669,00

Gols: Everton (1-0, 11'/2ºT) e Kadu (Contra, 1-1, 24'/2ºT)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wesley, Pedro Geromel, Kadu e Marcelo Oliveira; Walace (Edinho, 40'/2ºT), Maicon, Douglas (Bobô, 29'/2ºT), Giuliano (Ramiro, 38'/1ºT) e Everton (Fernandinho, 35'/2ºT); Luan (Lincoln, 35'/2ºT). Técnico: Roger Machado.

DANUBIO (URU): Agustin Peña, Fabricio Formiliano, Cristian González e Federico Ricca; Gonzalo González (Graví, 12'/2ºT), Zarfino (Los Santos, 28'/2ºT), Ignácio González e Carlos Grossmüller (Sosa, 25'/2ºT); Gonzalo Barreto (Tabárez, 32/2ºT) e Juan Olivera (Ardaiz, 17'/2ºT). Técnico: Luis González.