Grêmio x Atlético-MG - Luan

Luan celebrou o título da Copa do Brasil conquistado pelo Grêmio (Foto: Pedro H. Tesch/Eleven/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
08/12/2016
15:20
Porto Alegre (RS)

A parte azul do Rio Grande do Sul está em festa. Nesta última quarta-feira, o Grêmio findou o jejum de 15 anos sem títulos com a conquista da Copa do Brasil, depois de o empate por 1 a 1 com o Atlético-MG. Mais de 55 mil torcedores compareceram à Arena, em Porto Alegre, e comemoraram a primeira taça na nova casa. 

O atacante Luan, uma das principais peças do Tricolor sob o comando de Renato Prtaluppi, ressaltou o trabalho desempenhado pelo treinador, mas fez questão de lembrar de Roger Machado, que se despediu do Grêmio em setembro, mas também foi responsável pelos avanços da equipe nas fases iniciais da competição. 

- Acho que isso vem desde o trabalho do Roger. Renato chegou e manteve a base. E a nossa equipe sempre foi assim, de toque de bola, de aproximação, uma equipe bem compacta. Então, todo mundo fala que o forte da nossa equipe é o coletivo, e nesses jogos decisivos, a gente ouvia o que o Renato pedir e tentava executar da melhor maneira. E graças a Deus a gente conseguiu ser feliz nos dois jogos e sair campeão - afirmou o jogador, em entrevista ao SporTV. 

Luan também não esqueceu das das críticas que a equipe sofreu durante a temporada e comemorou o fato de poder entrar para a história do Grêmio. 

- Acho que todos contestavam a nossa equipe. Não acreditavam na nossa capacidade. Só que a gente tinha em mente onde a gente podia chegar com trabalho e dedicação. E graças a Deus a gente pôde coroar esse ano com um belo título e entrando para a história do Grêmio - concluiu. 

Com a conquista, o time gaúcho ergueu sua quinta taça da Copa do Brasil, título que não vencia desde 2001, quando bateu o Corinthians por 3 a 1, em jogo disputado no Morumbi, depois de um empate em 2 a 2, no Olímpico.