Treino Grêmio

Jogadores do Grêmio foram liberados e só voltam a treinar na quarta-feira (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
29/11/2016
15:07
Porto Alegre (RS)

A CBF comunicou na manhã desta terça-feira que o segundo jogo da final da Copa do Brasil foi adiado por conta da queda da aeronave que levava a delegação da Chapecoense e jornalistas à final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Diante da situação de enorme comoção, o Grêmio anunciou que os jogadores foram dispensados e o treino adiado para quarta, no CT Luiz Carvalho.

O Tricolor iria a campo nesta terça-feira à tarde para seguir com a última atividade antes da decisão contra o Galo. Em sinal de luto, os gaúchos divulgaram uma nota oficial em solidariedade à Chapecoense. 

– Aos sobreviventes, desejamos muita força e pronta recuperação, e que todos recebam as nossas orações neste momento delicado para toda a comunidade esportiva – dizia trecho do texto.

No comunicado, o Grêmio também fez questão de lembrar de Matheus Biteco, William Thiego e Dener, jogadores formados nas categorias de base do clube e vítimas do acidente, além de outros profissionais com passagem pelo Grêmio, tais como o preparador físico Anderson Paixão e o comentarista Mário Sérgio, campeão do mundo em 1983, que também não resistiram e faleceram nesta terça.

Com adiamento da decisão da Copa do Brasil para o próximo dia 7, as principais companhias áreas brasileiras comunicaram que os torcedores que adquiriram passagens para o jogo poderão alterar a data ou cancelarem suas viagens sem custos adicionais. 

O avião que levava a delegação da Chapecoense caiu no Cerro El Gordo, nas proximidades do aeroporto internacional de Medellín, na Colômbia. Até o momento, foram anunciadas 75 mortes. Seis sobreviventes foram resgatados.