LANCE!
16/05/2018
23:59
Curitiba (PR)

O Cruzeiro largou na frente nas oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, o time mineiro bateu o Atlético-PR por 2 a 1, de virada com um gol nos acréscimos. O jogo foi equilibrado, o Furacão vencia até os 34 minutos do segundo tempo, mas permitiu a reação rival na reta final da partida e chegou ao sétimo jogo seguido sem vitória, sendo a quarta derrota consecutiva.

Ao contrário das partidas anteriores, o Atlético-PR teve menos posse de bola durante todo o primeiro tempo (60 a 40% para o Cruzeiro). Mas a partida foi muito equilibrada.

O Atlético-PR criou a primeira boa chance com Rossetto. O Cruzeiro respondeu com Robinho. Ainda na etapa inicial, o Furacão reclamou de um pênalti não marcado (Thiago Heleno cabeceou e a bola desviou no braço de Dedé). Até que, aos 41 minutos, Thiago Carleto, em cobrança de falta, abriu o placar.

Na etapa final, o Atlético-PR começou sufocando. Pavez e Pablo assustaram o goleiro Fábio, do Cruzeiro. No entanto, o Furacão parou de chegar e passou a se postar mais defensivamente e no toque de bola. Embora não sofresse muito, o time conseguia controlar os ataques cruzeirenses.

No entanto, tudo mudou a partir dos 34 minutos. Henrique soltou uma pancada do meio da rua, a bola desviou em Thiago Heleno e entrou no ângulo do goleiro Santos. 1 a 1.

O gol gerou uma insegurança no Atlético-PR, que viu o Cruzeiro chegar a virada aos 47 minutos. Após uma bola longa, o atacante Raniel se aproveitou de uma vacilada do zagueiro José Ivaldo e bateu na saída do goleiro Santos para decretar a virada cruzeirense: 2 a 1.

O jogo da volta entre as equipes acontece somente daqui a dois meses (16 de julho), logo após a Copa do Mundo. O Cruzeiro joga por um empate. Já o Atlético-PR precisa de uma vitória simples para levar a decisão para os pênaltis.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 1 X 2 CRUZEIRO


Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data: Quarta-feira, 16 de maio de 2018.
Horário: 21h45.
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE).
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE).
Cartões amarelos: Egídio e Raniel (CRU); Bergson e Camacho (CAP).
Gols: Thiago Carleto, aos 41′ 1ºT; Henrique, aos 34′2ºT (1-1) e Raniel, 47`2ºT (1-2).

Atlético: Santos; Esteban Pavez, José Ivaldo e Thiago Heleno; Matheus Rossetto, Camacho, Lucho González (Bruno Guimarães) e Thiago Carleto; Raphael Veiga (Matheus Anjos), Pablo e Bergson (Marcinho). Técnico: Fernando Diniz.

Cruzeiro: Fábio; Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha, Robinho (Mancuello) e De Arrascaeta (Rafael Sóbis); Sassá (Raniel). Técnico: Mano Menezes.