Paraná x Vila Nova-GO

Fabinho, de falta, marcou no segundo tempo e garantiu a vitória goiana. (Reprodução/PFC)

Guilherme Moreira
13/09/2016
21:23
Curitiba (PR)

Vindos de boa sequências, Paraná e Vila Nova-GO fizeram um jogo com boas chances nesta terça-feira, na Vila Capanema, pela vigésima quinta rodada da Série B. E o Tigre levou a melhor por 2 a 1, após sofrer grande pressão. É a terceira vitória em quatro jogos - a segunda seguida fora de casa, que deixa o time goiano a dois pontos do G-4.

Logo com 2, bela jogada e gol do Tigre. Com a zaga só olhando, Marcelo Cordeiro tocou para Moisés na meia lua, o jogador fez o corta luz e Patrick rolou para Moisés chutar cruzado na saída de Marcos. 0x1.

Aos 11, o Tricolor chegou com perigo pela primeira vez. Lucas Taylor cruzou da direita para Fernando Karanga cabecear para grande defesa de Saulo. Cinco minutos depois, Nadson achou Diego Tavares entrando sozinho, mas o meio-campista deu de joelho por cobertura e a bola acabou atrás do travessão.

Na frente do placar, o Vila apostava no contra-ataque. Com 17, após roubar bola no meio do campo, Moisés partiu sozinho para cima, entortou o zagueiro Alisson e chutou dentro da área para defesa com os pés do goleiro.

Insistente, o Paraná conseguiu igualar na bola parada. Em cobrança de escanteio cobrado por Nadson, da direita e aos 26, Alisson subiu mais que o adversário e cabeceou no alto, sem chance para o arqueiro. 1x1. No último lance da primeira etapa, quase a virada. Com 41, Guilherme Queiroz bateu rasteiro e Saulo conseguiu tirar com a ponta do dedo - a bola ainda bateu na trave.

Diferente dos 45 minutos iniciais, a segunda etapa não iniciou com emoções e a primeira chance clara demorou um pouco para acontecer. Aos 16, Diego Tavares driblou o adversário na direita e cruzou rasteiro para Guilherme Queiroz tocar em cima de Saulo, já na pequena área. No rebote, Nadson arriscou de longe e foi nas mãos do goleiro.

A partir daí, o Tricolor gostou do jogo e, explorando os lados de campo, aparecia com perigo. Com 23, Guilherme Queiroz lançou Fernando Karanga pela esquerda, que cruzou a bola que passou por toda área e Diego Tavares não chegou a tempo de concluir. Quatro minutos depois, Diego Tavares foi lançado, partiu em velocidade e mandou na cabeça de Guilherme Queiroz, que foi por cima.

Aos 30, novo perigo. Guilherme Queiroz mandou de longe para Saulo espalmar e Diego Tavares pegou o rebote, chutando no travessão - o goleiro ainda desviou. No lance seguinte, Tavares novamente apareceu bem, mas chutou mascado e a bola passou perto da trave.

Mas o ditado de "quem não faz, toma" aconteceu. Com 37, em cobrança de falta na meia lua, Fabinho bateu no canto alto do Marcos e o adversário voltou a ter vantagem. 1x2. O gol abaixou o fôlego paranista, que nada mais fez na reta final.

Com a derrota, o Paraná cai para a décima terceira colocação, com 33 pontos - o Vila Nova-GO continua em oitavo, com 36. Na próxima rodada, o Tricolor encara o Atlético-GO no sábado, às 16h, no Serra Dourada, enquanto o Tigre recebe a Luverdense na sexta-feira, às 20h30, no mesmo estádio.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1X2 VILA NOVA-GO

Local
: Vila Capanema, em Curitiba (PR).
Data-hora: 13/09/2016 - 19h15
Árbitro: Salim Fende Chavez (SP)
Auxiliares: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP) e Vitor Carmona Metestaine (SP)
Cartões amarelos: Fernando Karanga, Diego Tavares (PAR); Caíque, Reginaldo, Marcelo Cordeiro (VIL).
Público/Renda: 1.886 pagantes/ R$ 29.260,00
Gols: Moisés, 2'/1ºT (0-1), Alisson, 26'/1ºT (1-1), Fabinho, 37'/2ºT (1-2)

PARANÁ: Marcos; Lucas Taylor, Alisson, João Paulo e Henrique Gelain; Anderson Uchôa, Lucas Otávio, Diego Tavares, Nadson e Guilherme Queiroz (Yan Phillipe 32'/2ºT); Fernando Karanga (Lúcio Flávio 23'/2ºT). Técnico: Marcelo Martelotte.

VILA NOVA-GO: Saulo; Magno Silva, Guilherme Teixeira, Reginaldo e Marcelo Cordeiro; Caíque (Roger, intervalo), Fagner (Jefferson Feijão 25'/2ºT), Geovane e Fabinho; Moisés e Patrick (Joãozinho 16'/2ºT). Técnico: Guilherme Alves.