Germano

Germano jogou irregularmente na primeira rodada do Paranaense de 2016. (Robson Vilela/Londrina EC)

Guilherme Moreira
31/03/2016
12:30
Curitiba (PR)

Em julgamento na manhã desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, o Superior Tribunal de Justiça Brasileira (STJD) manteve a punição ao Londrina pela escalação irregular de um jogador e o time do interior do Estado segue sem os seis pontos. Assim, os confrontos das quartas de final do Campeonato Paranaense foram mantidos.

O Tubarão, que tinha conseguido um efeito suspensivo recuperando a pontuação, teve o recurso negado e foi punido por infringir o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): incluir atleta em situação irregular para partida e por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva. 

O volante Germano acabou expulso por agressão diante do Coritiba, em partida válida pela semifinal do Estadual de 2015. Entretanto, mesmo assim, o meio-campista foi utilizado na vitória do Londrina sobre o PSTC, por 2 a 0, na estreia da equipe na competição deste ano, não cumprindo a suspensão automática

Com a punição imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) sendo confirmada, o Tubarão terminou a primeira fase do torneio na quinta colocação, com 15 pontos. Se revertesse a decisão, o time londrinense chegaria à liderança, com 21 pontos.

Assim, os duelos das quartas de final do Campeonato Paranaense não foram alteradas. Os jogos de ida da fase inicial do mata-mata começam neste final de semana. A Federação Paranaense de Futebol (FPF) homologou a rodada ainda nesta tarde, com horários e locais.

Confira os confrontos:

(1º) Paraná x Foz (8º): domingo, 18h30, Estádio ABC
(2º) J.Malucelli x PSTC (7º): domingo, 16h, Estádio Ubirajara Medeiros
(3º) Coritiba x Toledo (6º): domingo, 11h, Estádio 14 de Dezembro
(4º) Atlético-PR x Londrina (5º): domingo, 16h, Estádio VGD