Treinador prevê duelos duros contra o Londrina nas quartas de final do Estadual

Treinador prevê duelos duros contra o Londrina nas quartas de final do Estadual (Foto: Gustavo Oliveira/ Site oficial)

Daniel Piva
01/04/2016
11:58
Curitiba (PR)

Um time com a cara do Atlético-PR. É isso o que deseja o técnico Paulo Autuori, que teve pela primeira vez uma semana cheia para trabalhar com o grupo. Segundo ele, o objetivo é aliar bons resultados com boas atuações da equipe, que ainda não deslanchou na temporada.

- A nossa equipe tem que estar preparada para tudo, para encarar qualquer dificuldade nessa reta decisiva. Agora o olhar vai para o Campeonato Paranaense, mas temos que aliar qualidade de jogo e competitividade. Não podemos nos acomodar achando que o resultado é o mais importante. Temos a obrigação de ganhar, mas também temos a obrigação de jogar bem - aponta o treinador.

Para ele, isso será possível nesta fase decisiva do Campeonato Paranaense, apesar de ter um compromisso pela Copa do Brasil e a decisão da Primeira Liga no meio.

- Serão seis jogos em 15 dias. Uma verdadeira maratona, mas pelo menos tivemos essa semana livre e teremos também a próxima. Isso é uma raridade e precisamos tirar benefício disso - analisa o comandante.

Em busca desse benefício, o treinador promete trabalhar forte para dar ao time a cara que o torcedor do Atlético-PR espera.

- O time não tem que ter a minha cara. O time tem que ter a cara do Atlético-PR. É isso o que nós estamos buscando - garante Paulo Autuori.

Para o compromisso diante do Londrina, neste domingo, no Estádio VGD, às 16 horas, Autuori faz mistério na lateral-esquerda. Nenhum atleta se firmou no setor, por isso é possível que Léo, que joga pela direita, atue improvisado na posição.

Assim, o Atlético-PR deve jogar com a seguinte escalação: Weverton, Eduardo, Paulo André, Thiago Heleno e Pará (Sidcley ou Léo); Otávio, Jadson, Marcos Guilherme, Pablo e Nikão; Walter.