Paulo Autuori acredita que o time foi para o sacrifício diante do Paraná, nas semifinais

Paulo Autuori acredita que o time foi para o sacrifício diante do Paraná, nas semifinais (Foto: Gustavo Oliveira/ Site oficial)

Daniel Piva
25/04/2016
10:25
Curitiba (PR)

O Atlético-PR está na final do Campeonato Paranaense. O técnico Paulo Autuori reconhece que a atuação do time não foi boa contra o Paraná, neste domingo, na Vila Capanema. Porém, o treinador aprova a atitude dos atletas, que segundo ele jogaram na base do sacrifício a semifinal e souberam sofrer.

- A equipe como um todo não fez um jogo como nós poderíamos ter feito, especialmente após o gol. O time se desorganizou muito. Nada serve de justificativa para perdermos a organização. Essa é a lição para trabalharmos durante a semana - aponta Paulo Autuori.

Na visão do treinador, houve uma melhora na postura defensiva após a expulsão do volante Otávio, aos 31 minutos do segundo tempo.

- Depois disso a postura defensiva ficou muito mais coordenada, como é de costume. Houve uma solidariedade neste setor muito melhor - analisa o comandante.

Para Autuori, o diferencial do Atlético-PR foi o espírito de superação dos jogadores do time:

- Temos que elogiar o sacrifício destes jogadores. O Nikão está com uma forte gripe desde a semana passada, era dúvida até para enfrentar o Fluminense e ainda não se recuperou. É essa atitude que precisamos, de sacrifício e sofrimento - afirma o treinador atleticano.

Para os confrontos decisivos contra o Coritiba, Paulo Autuori espera o mesmo espírito, já que terá problemas para armar o Atlético-PR. No primeiro jogo ele não poderá contar com os suspensos Otávio e André Lima e o meia Vinícius é dúvida, já que machucou o joelho aos seis minutos da etapa inicial.