Meias Válber e Nádson jogaram os noves jogos do Paraná no Estadual

Meias Válber e Nádson jogaram os noves jogos do Paraná no Estadual (Foto: Site oficial)

Daniel Piva
16/03/2016
17:10
Curitiba (PR)

Após nove jogos na temporada, o Paraná já tem um time definido. O técnico Claudinei Oliveira só não tem escalado a equipe considerada ideal nas últimas rodadas do Campeonato Paranaense por conta de lesões - ora do atacante Lúcio Flávio, ora do volante Anderson Uchôa - e suspensões, casos do lateral Fernandes no empate diante do Cascavel, por exemplo. Porém, alguns atletas demonstram sinais de cansaço e o rendimento coletivo já não é mais o mesmo.

Por apostar na formação do time-base, Claudinei Oliveira escolhe rodar pouco elenco. Tanto é que em nove rodadas do Campeonato Paranaense apenas 20 jogadores foram utilizados pelo comandante. 

- Por isso que eu tinha dito que o jogo diante do Cascavel era importantíssimo. Se ganhássemos eu teria mais tranquilidade para rodar mais este elenco - afirma o treinador paranista.

Destes 20 jogadores, cinco jogaram as nove partidas. São eles: o goleiro Marcos, o zagueiro Alisson, os meias Válber e Nádson e o atacante Róbson. Já outros quatro atletas ficaram de fora de apenas uma partida (casos de Fernandes, Anderson Uchôa, Jean e Dick, embora esse tenha perdido o lugar na equipe).

Assim, diante do Foz do Iguaçu, o Paraná vai ampliar o leque de opções no elenco. O goleiro Marcos está suspenso e vai ser substituído pelo prata da casa Wendell. Fernandes e Uchôa estão vetados pelo departamento médico e podem dar espaços a Rafael Carioca e Lucas Otávio, que foram integrados ao elenco na semana passada - o primeiro após uma briga judicial com o clube e o segundo foi contratado junto ao Santos.