Coritiba x Paraná

Apático, Paraná não criou e foi dominado pelo rival. (Divulgação/Paraná)

Guilherme Moreira
06/03/2016
21:54
Curitiba (PR)

Na noite deste domingo, o Paraná não se achou em campo e perdeu para o Coritiba por 3 a 0 no Estádio Couto Pereira, pela oitava rodada do Campeonato Paranaense. Os jogadores , que criticaram a marcação de uma penalidade para o adversário, confessaram que a equipe foi mal.

Dominado desde o início da partida, o time paranista se limitou a se defender durante o jogo. A estratégia estava dando certo até os 54 minutos do primeiro tempo, quando a arbitragem viu penalidade de Jean em Ortega. O atacante alviverde, que já tinha tentado cavar em outra jogada, se jogou novamente e o pênalti foi marcado injustamente.

- Inventaram um pênalti. Eu nem estava na jogada e ele (árbitro Rafael Traci) falou que fui eu quem fiz. Ele veio com o intuito de nos prejudicar - reclamou o zagueiro Alisson, que levou cartão amarelo sem partida do lance. 

Apesar do erro, os atletas admitiram que o desempenho foi abaixo do esperado. Sem dar um chute a gol durante todo o clássico, o Tricolor acabou sendo presa fácil para o Coxa. A única chance foi em uma bola parada, ainda no primeiro tempo.

- Nada funcionou. Temos que pedir desculpas à torcida, que veio até aqui e mostrou que é a mais apaixonada do estado. Em vários momentos a nossa torcida calou a deles. Tínhamos que aplaudir eles - comentou Jean, que foi até os mais de 3 mil paranista na arquibancada após a derrota.

O técnico Claudinei Oliveira também foi na mesma linha de seus comandados. O treinador citou que o sistema ofensivo não existiu e comentou que a transição no ataque foi o fator determinante para a equipe não criar nada durante o duelo.

- Fomos abaixo tecnicamente. Não trocamos passes na transição ofensiva, errávamos toda hora e não acertamos três em seguida. Não vamos transferir a derrota para a arbitragem, porque fomos mal. Foi a pior partida do ano, uma noite para esquecer - lamentou Claudinei Oliveira.

Com 18 pontos, o Paraná ainda é o líder isolado do Estadual - um a mais que o J. Malucelli. No próximo domingo, às 11h, o Tricolor recebe o Cascavel na Vila Capanema.