jogadores Paraná

(Giuliano Gomes/PR PRESS)

Guilherme Moreira
04/06/2016
16:01
Curitiba (PR)

Seis jogos e apenas uma derrota. Com um dos grupos mais baratos da Série B, o Paraná inicia a competição de forma digna e, mesmo com certo pé no chão, acredita na possibilidade do acesso. Entretanto, o clube admite a necessidade de reforços.

Após o empate por 0 a 0 diante do Vila Nova-GO, no Serra Dourada, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Claudinei Oliveira comentou que sabe das limitações do elenco e da situação financeira. Mesmo com as dificuldades, o Tricolor só perdeu na primeira rodada e ocupa a nona colocação.

A ideia da comissão técnica e da diretoria é somar nove pontos a cada cinco rodadas. O time paranaense conseguiu a pontuação com um jogo a mais que o planejado e precisa tirar a diferença nas quatro próximas partidas. Vale lembrar que, dos seis duelos até aqui, a equipe atuou quatro vezes longe da Vila Capanema. 

- A campanha em si está boa. Dentro do início do campeonato, até poderíamos ter mais pontos, mas ficou de bom tamanho. Vamos conversar internamente, mas sempre soubemos que íamos trabalhar com elenco enxuto. Até que ponto será assim, vamos saber ainda com o presidente e no papo olho com olho - declarou o treinador.

Até terça-feira, o Paraná apresentará o atacante Henrique, que rescindiu com o Bahia na sexta-feira e retorna ao time que atuou em 2015, com boa passagem. Sem citar posições, o presidente Leonardo Oliveira afirmou que a cúpula está de olho no mercado, mas não fará nenhuma loucura para qualificar o grupo.

Atualmente, a folha salarial é de aproximadamente R$ 350 mil. Em declaração recente, o gerente de futebol, Durval Lara Ribeiro, avaliou que nenhum time na competição assusta e a promessa era de fazer um dos melhores elencos do torneio, mesmo sem poder aquisitivo.

- Temos problemas internos e estamos trabalhando. Nosso elenco tem boas peças, não é limitado igual falam. Fazemos reuniões, nos cobramos para melhorar. Estamos próximos dos líderes, é tentar encaixar mais ainda o elenco e trazer as peças possíveis - comentou Oliveira.

Na terça-feira, às 19h15, o Tricolor recebe o Atlético-GO na Vila Capanema, pela sétima rodada da Série B.