Com a goleada, o Tricolor garantiu a primeira colocação da primeira fase do Estadual com uma rodada de antecedência

Com a goleada, o Tricolor garantiu a primeira colocação da primeira fase do Estadual com uma rodada de antecedência (Foto: Divulgação/ Paraná Clube)

Daniel Piva
26/03/2017
18:59
Curitiba (PR)

Com um primeiro tempo arrasador, o Paraná goleou o Toledo por 5 a 0, em jogo disputado na tarde deste domingo, no Estádio XIV de Dezembro. Os gols do Tricolor foram anotados por Renatinho, Matheus Carvalho, Gabriel Dias, Felipe Alves e Italo. Dos cinco, quatro foram marcados na etapa inicial.

Com o resultado, o Paraná chegou a marca de 25 pontos. De quebra, o time garantiu a primeira colocação da primeira fase do Estadual com uma rodada de antecedência. O Tricolor fecha o turno contra o Atlético-PR, na quarta-feira, na Vila Capanema, em um jogo que vale somente para o Furacão.

JOGO

O Paraná começou a partida a todo o vapor.  Logo aos dois minutos, o Tricolor abriu o placar com Renatinho. Aos quatro, Guilherme Biteco deixou Matheus Carvalho na cara do gol para marcar o segundo.

Nem mesmo com o 2 a 0 no placar o Tricolor diminuiu o ritmo. Matheus Carvalho, Eduardo Brock e Alex Santana tiveram ótimas chances de marcar o terceiro. Mas se eles bobearam, Gabriel Dias não desperdiçou de cabeça, aos 35 minutos.

Para coroar o bom primeiro tempo, o time paranista chegou ao quarto gol aos 45 minutos. Guilherme Biteco acionou o lateral Kaike, que cruzou da esquerda para Felipe Alves, que não desperdiçou a oportunidade. 4 a 0 no placar.

Com a vantagem, o Paraná usou a etapa inicial para zerar os cartões - cinco atletas estavam pendurados com dois amarelos (Diego Tavares, Eduardo Brock, Kaike, Gabriel Dias e Alex Santana) e todos receberam o terceiro, o que os deixam liberados para a fase mata-mata do Estadual.

Mas além de resolver a questão dos cartões, o Tricolor também buscou o ataque. Tanto é que o quinto gol foi marcado aos 18 minutos, com Italo, após um belo passe de Biteco. 5 a 0.

Após o 5 a 0, o Toledo até teve algumas oportunidades para diminuir, mas parou no goleiro Léo ou na zaga paranista, já que Diego Tavares salvou uma bola em cima da linha.