Torcedor paranista terá nova marca para comprar em 2016

Torcedor paranista terá nova marca para comprar em 2016 (Giuliano Gomes/PR Press)

Guilherme Moreira
15/02/2016
17:06
Curitiba (PR)

Em fim de contrato com a Erreà, o Paraná Clube chegou a um acordo com a Topper para ser a nova fornecedora de material do clube paranaense. O novo contrato será de dois anos e começará a valer a partir do Campeonato Brasileiro.

O vínculo com a marca italiana, que vinha desde 2014, terminou em dezembro de 2015, mas foi prorrogado até o final do Campeonato Paranaense. Insatisfeita com a distribuição, além de prazos de entregas, o Tricolor negociava com outras empresas desde o ano passado.

A favorita era a canadense Dry World e as partes ficaram bem próximas de fechar o negócio. Entretanto, divergências financeiras, como comissão e percentual de vendas, melaram a negociação no desfecho final.

Tendo um certo receio com empresas do exterior devido à logística, a cúpula decidiu focar em marcas brasileiras e a escolhida foi a Topper. De volta ao mercado, após fechar com o Botafogo e sondar o Cruzeiro, a empresa foi comprada pelo empresário curitibano Carlos Wizard Martins no final de 2015. Atualmente, a Topper tem a Ferj e a Associação de Rugby como clientes.

Com fábricas no Brasil, a marca ganhou preferência do Tricolor por acreditar que os problemas com a atual fornecedora sejam sanados. Além disso, o fato de ter só mais um clube para fornecer, deixa o Paraná como prioridade da marca no País. A questão financeira também é mais vantajosa ao clube.

O acerto, no momento, ainda é verbal e não há assinatura do contrato por ter vínculo em vigência com a atual fornecedora. Com a exposição, o Paraná teme que a negociação possa ter problemas em seu desfecho - até por existir um débito financeiro com a Erreà e que precisa ser negociado. Procurado, o clube negou e não quis se pronunciar sobre o assunto.