Atlético-PR x Criciúma 2

Otávio marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, em 88 jogos. (Divulgação/Atlético-PR)

Guilherme Moreira
24/02/2016
21:41
Curitiba (PR)

Com gol no final, o Atlético-PR venceu o Criciúma por 1 a 0 nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, pela segunda rodada da Primeira Liga e na estreia da grama sintética. O triunfo mantém o time paranaense na liderança do grupo e com a vaga para a semifinal praticamente assegurada.

Empolgado com a presença do torcedor, o time atleticano foi para cima do adversário. Logo aos 5 minutos, Vinícius finalizou da entrada da área em cima do goleiro do Tigre. Com 11 e 17, o atacante Crysan também assustou em duas cabeçadas para fora.

Já aos 25, o "magro" Walter fez bela jogada individual, colocou a bola por baixo das pernas do zagueiro e emendeu um forte chute para defesa do arqueiro tricolor. Três minutos depois, o camisa 18 novamente teve chance ao receber na área e chutar para nova intervenção de Luiz.

A partir dos 30, o Criciúma também foi para o jogo e, em duas oportunidades, assustou o goleiro Weverton. Mas a melhor oportunidade foi aos 45, quando Eduardo Recebeu de Walter e, cara a cara com o arqueiro dentro da área, chutou na rede pelo lado de fora. 

Precisando do resultado, o Tigre voltou mais ousado na segunda etapa. Só que logo com 3 minutos, Vinícius cobrou escanteio e foi direto na trave. No contra-ataque, a equipe catarinense conseguia assustar, mas errava no detalhe final: a finalização.

Aos 21, Vinícius bateu falta no ângulo esquerdo e Luiz espalmou para fora. Com dificuldades na criação, o técnico Cristóvão Borges promoveu as entradas de Nikão e Sidcley nas vagas de Crysan e Roberto, respectivamente. Mas não surtiu efeito.

O Furacão continuou esbarrando na bem postada zaga do Criciúma, que conseguiu ocupar os espaços deixados no primeiro tempo. Com a entrada de André Lima, na reta final, o time rubro-negro tentou explorar bolas aéreas para furar o sistema defensivo. E deu certo.

Aos 42, bola jogada na área por Walter, Vinícius tocou de cabeça para o atacante, que ajeitou para a vinda de Otávio. O volante, de primeira, chutou e a bola desviou na zaga antes de morrer no fundo das redes, explodindo os mais de 33 mil pagantes. No último minuto, ainda embalado com o gol, Walter chutou uma bola na trave.

A vitória no final deixa o Atlético-PR com seis pontos na Primeira Liga, com duas vitórias em dois jogos e na liderança do grupo A. Na próxima rodada, o Furacão encara o Cruzeiro, no Estádio Mineirão, às 19h30, no dia 9 de março.