Atlético-PR pode quebrar um jejum de sete anos sem títulos

Atlético-PR pode quebrar um jejum de sete anos sem títulos (Foto: Gustavo Oliveira/Site oficial)

Daniel Piva
06/05/2016
15:01
Curitiba (PR)

Embora tenha vencido o primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense por 3 a 0, o Atlético-PR descarta jogar pensando no regulamento neste domingo, contra o Coritiba, às 16 horas, no Couto Pereira. Pelo menos é o que garante o técnico Paulo Autuori, que quer o time jogando pela vitória na decisão do Estadual.

- Nós queremos entrar no domingo para conquistarmos uma vitória. Nós vamos lá para ganhar o jogo - assegura o comandante atleticano.

Segundo ele, a vantagem precisa ser esquecida para evitar que alguns atletas se acomodem já que o placar realizado no primeiro jogo deixa uma situação aparentemente tranquila.

- Temos visto muitas coisas acontecerem no futebol por acomodação, por achar que o adversário não é capaz de reverter. O maior respeito ao adversário é jogar no seu limite físico, técnico e mental. Esse é o espírito de um time que quer ser campeão - aponta Autuori.

Experiente, o treinador que já conquistou até o Mundial de Clubes da Fifa pelo São Paulo, se coloca no mesmo barco de alguns jovens jogadores do Atlético-PR, que nunca conquistaram um título no profissional.

- Eu já passei uma borracha no meu histórico e também estou nesta expectativa, deste ser o meu primeiro título - afirma o treinador.

Para o jogo deste domingo, o Atlético-PR ainda não sabe se vai poder contar o zagueiro Thiago Heleno, que saiu de campo lesionado no primeiro jogo da final. Já o volante Hernani está suspenso por ter sido expulso. Por outro lado, nomes como Otávio e André Lima ficam à disposição da comissão técnica.