Luciano Cabral

Meia é acusado de participação em um assassinato após uma briga de rua (Foto: Mauricio Mano/Atlético-PR)

Daniel Piva
02/01/2017
19:38
Curitiba (PR)

Segundo veículos da imprensa do Chile e da Argentina, o meia Luciano Cabral, que disputou o Campeonato Brasileiro pelo Atlético-PR, é aguardado pela polícia da Argentina para prestar esclarecimentos sobre um assassinato de um homem de 27 anos. O crime ocorreu na cidade de General Avelar-ARG, na província de Mendoza-ARG.

De acordo com o jornal Dia del Sur, de Mendoza-ARG, o irmão do jogador, um jovem de 17 anos, foi apreendido pela vara da infância e adolescência após uma briga de rua em que pedras de um muro foram usadas para golpear a vítima na cabeça. Além disso, é relatado que Cabral teria se envolvido na briga e deixado o local antes da chegada da polícia e prometeu se apresentar na manhã desta terça-feira, ao lado de um advogado. 

Já o periódico Mendoza Post, também da cidade argentina, publica que  “chegaram ao nosso diário versões que indicam que o autor material [do crime] seria Luciano Cabral”. 

Luciano Cabral é argentino naturalizado chileno. O atleta tem 21 anos e chegou ao Atlético-PR em julho de 2016, sendo adquirido junto ao Argentinos Juniors-ARG.