Lúcio Flávio

Atacante paranista ficou 41 dias sem marcar pelo Paraná. (Reprodução/PFC)

Guilherme Moreira
27/05/2016
23:17
Curitiba (PR)

Além da vitória por 2 a 1 diante do Oeste nesta sexta-feira, na Vila Capanema, pela quarta rodada da Série B, o jogo marcou o fim do jejum de Lúcio Flávio. O atacante do Paraná não marcava há mais de um mês.

Depois de sair atrás do marcador, aos 21 do primeiro tempo, o Tricolor reagiu rápido. Cinco minutos depois, Nadson cobrou escanteio, Robson desviou de cabeça e o camisa 9 apareceu por trás da defesa para se esticar de carrinho e completar para o gol.

- Muito feliz de poder voltar a marcar, estava com saudades. Isso é muito bom. Mas ainda melhor que conseguimos marcar dois gols e viramos o placar. E vamos buscar pontos fora também. Jogamos hoje em casa e sabíamos que não poderíamos perder - comentou ao lembrar do gol da virada de Válber, aos 28 do primeiro tempo.

O centroavante paranista não marcava há sete jogos. A última vez que Lúcio Flávio foi às redes aconteceu na derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, no dia 16 de abril, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Paranaense. 

A falta de gols ficou marcada ainda por uma fase difícil. O atacante chegou a perder dois pênaltis na partida contra o Estanciano pela Copa do Brasil. No jogo seguinte, ele também perdeu sua penalidade no duelo que eliminou o Paraná do Estadual, contra o Furacão, após ter vencido no tempo normal.

Na sequência, o camisa 9 passou por uma novela na renovação e recusou propostas da Coréia e Índia para seguir na Vila Capanema. Lúcio Flávio, com a camisa do time paranaense, tem 26 jogos e 12 gols, sendo 10 em 2016: é o artilheiro do clube no ano.

- Gol importantíssimo. Volta a confiança, Lúcio é goleador e se posicionou muito bem. Pedimos pro Robson tentar antecipar e foi o que ele fez. Confio tanto nele quanto no Robert - garantiu o técnico Claudinei Oliveira, que vinha sendo questionado sobre manter a escalação do centroavante.

Na próxima rodada, o Paraná enfrenta o Londrina, às 19h15, na terça-feira, no Estádio do Café. Com sete pontos, o Tricolor é o sexto colocado na Série B.