Londrina x Atlético-MG

A conquista da Primeira Liga foi a sétima do Londrina com o técnico Cláudio Tencatti no comando (Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube)

LANCE!
05/10/2017
18:03
Curitiba (PR)

A conquista da Primeira Liga, na noite da última quarta-feira, ao derrotar o Atlético-MG nos pênaltis, vem sendo muito valorizada pelo Londrina. Se muitos times deixaram a competição em segundo plano, a equipe paranaense buscou a valorizar em todas as partidas. Tanto é que conseguiu o título sem perder um jogo sequer. Para dois dos principais nomes do projeto do clube, a taça é a coroação de tudo o que o Tubarão viveu de 2011 para cá.

No clube desde abril de 2011, sendo o técnico há mais tempo no cargo, Cláudio Tencatti definiu a conquista do Londrina como um momento único, que será lembrado por muito tempo.

- É para guardar o DVD e lá na frente, daqui 10 anos, poder dar uma olhadinha nele - comemorou Cláudio Tencatti, ainda no gramado do Estádio do Café, após a conquista a última quarta-feira.

A afirmação de Tencatti não é à toa. Para levantar a taça, o Londrina superou na fase final três clubes tradicionais do futebol brasileiro: Fluminense, Cruzeiro e Atlético-MG.

Por conta disso tudo, o gestor Sérgio Malucelli, definiu a conquista como um dos grandes momentos do projeto.

- Quando nós assumimos o clube o Londrina estava na Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense. Conquistamos o Estadual, subimos à Série B do futebol brasileiro e agora fomos premiados com um título nacional - festejou o empresário.

Liderado por Malucelli e comandado por Tencatti, esta é a sétimo taça do Londrina. Anteriormente, o clube havia obtido o Estadual de 2014, a Divisão de Acesso de 2011 e quatro vezes o Título do Interior do Campeonato Paranaense (2013, 2015, 2016 e 2017).