Atlético-PR levou a melhor no jogo de ida das quartas de final

Jogo foi bastante disputado no Estádio VGD, em Londrina. (Gustavo Oliveira/ Site oficial)

Daniel Piva
03/04/2016
17:59
Curitiba (PR)

O confronto mais esperado das quartas de final do Campeonato Paranaense era Londrina x Atlético-PR. E, como esperado, o equilíbrio foi a marca do primeiro duelo, que terminou empatado por 1 a 1, na tarde deste domingo, no Estádio Vitorino Gonçalves Dias.

O time atleticano não contou com o atacante Walter, que foi poupado por conta de dores na coxa. Assim, André Lima jogou como homem de referência no ataque. A outra mudança foi na lateral-esquerda, com a improvisação de Léo no setor.

O Atlético-PR foi melhor no primeiro tempo. O Furacão exigiu pelo menos três boas defesas do goleiro Marcelo Rangel, duas vezes com Pablo e uma com André Lima. E ainda reclamou de um gol anulado.

Mesmo assim, o time se queixou do gramado do Estádio VGD, que é bastante irregular:

- O campo é muito ruim, a gente está fazendo o que pode para tentar chegar ao gol - reclamou o meia Marcos Guilherme.

No segundo tempo o Furacão manteve o ritmo e acabou coroado aos seis minutos, com um bonito gol do volante Jadson.

- Estou aproveitando essa liberdade para entrar dentro da grande área. Fui feliz e consegui marcar um gol importante - comemorou Jadson, que marcou pela primeira vez com a camisa do Atlético-PR.

Após o gol, o Atlético-PR teve algumas boas oportunidades de marcar. O meia Nikão protagonizou duas boas jogadas: aos 15 deixou Marcos Guilherme na cara do gol, mas o jogador acabou se atrapalhando, e aos 25 ele exigiu uma bonita defesa do goleiro Marcelo Rangel.

Mas a partir daí o Londrina passou a pressionar muito, especialmente levantando a bola para a área. E após uma cobrança de escanteio de Netinho, o goleiro Weverton saiu mal e o volante Germano cabeceou e deixou tudo igual: 1 a 1.

Após o gol, o Londrina seguiu na pressão e assustando, especialmente nos lances de bola parada. Aos 43, o zagueiro Sílvio tentou de bicicleta, mas parou no goleiro Weverton.

- A gente treinou muito esse lance de bola parada, por isso nos irritamos muito com esse gol. Mas segue a disputa, na semana que vem será na nossa casa - diz o atacante Pablo, um dos destaques do time do Atlético-PR.

O jogo da volta acontecerá no próximo domingo, às 16 horas, na Arena da Baixada. Quem vencer avança de fase. Já um novo empate leva a decisão para as penalidades máximas.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA 1X1 ATLÉTICO-PR


Local: Estádio Vitorino Gonçalves Dias, em Londrina (PR)
Data-Hora: 03/4/2016, às 16h (horário de Brasília)
Árbitro: José Mendonça da Silva Jr
Assistentes: Luciano Roggenbaun e Felipe Gustavo Schimidt
Público: 3.775 torcedores no total.
Cartões amarelos: Sílvio, Germano e Rafael Gava (LEC), Eduardo, Paulo André, Nikão e André Lima (CAP)
Gols:  Jadson (6'/1ºT) (0-1), Germano (31'/2ºT) (1-1)

LONDRINA: Marcelo Rangel, Bidia, Luizão, Sílvio e Paulinho; Germano, Diogo Roque, Rafael Gava (Netinho) e Zé Rafael; Paulinho Mocellin (Keirrison) e Bruno Batata (Wellisson). Técnico: Claudio Tencatti.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Paulo André, Thiago Heleno e Léo; Otávio, Jadson (Deivid), Nikão (Anderson Lopes), Pablo e Marcos Guilherme (Vinícius); André Lima. Técnico: Paulo Autuori.