Paraná x Cascavel

Time paranista dominou a partida, mas pouco criou no ataque. (Divulgação/Paraná)

Daniel Piva
13/03/2016
13:26
Curitiba (PR)

Em um jogo pouco emocionante, Paraná e Cascavel não saíram do 0 a 0 na manhã deste domingo, na Vila Capanema. O resultado quebra o 100% de rendimento que o time paranista tinha dentro de casa. Agora, o Tricolor está com 19 pontos em nove rodadas no Campeonato Paranaense.

Inicialmente, o Paraná tentou ir para cima do adversário. Logo aos dois minutos, o meia Nadson arriscou de fora da área e assustou o goleiro Vinícus. Aos 12, o volante Jean quase abriu o placar em cobrança de falta. Mas após isso, o jogo esfriou e o Tricolor teve dificuldades para encontrar os espaços.

- A equipe deles está marcando bem. Mas o que não pode é a gente deixar o jogo morno. Temos que arriscar - cobrou no intervalo o técnico Claudinei Oliveira. 

Com esta ordem, o time paranista voltou disposto a incomodar o rival. Porém, lance perigoso só teve mesmo aos 5 minutos, com o meia Válber, e na reta final da partida, aos 38, com o atacante Robson. Assim, o placar ficou mesmo fechado na Vila Capanema.

- A verdade é que finalizamos mal e faltou caprichar no último passe - apontou o jovem Alexson, que entrou durante a etapa complementar.

- Eles jogaram fechados e neutralizaram as duas laterais. Só conseguimos melhorar no final do jogo. Mas estamos vivos na competição e conquistamos mais um ponto - afirmou o experiente Nei, que começou improvisado pelo lado esquerdo do campo.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ CLUBE 0 X 0 CASCAVEL


Local: Vila Capanema, em Curitiba (PR)
Data-Hora: 13/3/2016 - 11h (horário de Brasília)
Árbitro: Evandro Lambert Modesto
Assistentes: Alessandro Antônio Gonçalves e Luiz Paulo Galli
Público/renda: 3.693 pagantes/ 5.113 total/ R$ 83.115,00
Cartões amarelos: Marcos e Dick (Paraná); Vinícius, Marcelinho e Denílson (Cascavel)

PARANÁ CLUBE: Marcos; Dick (Elson), Alisson, Zé Roberto e Nei; Jean, Leandro Vilela, Válber e Nadson; Robson e Lúcio Flávio (Alexson). Técnico: Claudinei Oliveira.

CASCAVEL: Vinícius; Romarinho, Marcelinho, Henrique e Dener; Vit, Edmílson, Sorbara e Léo Maringá; Morato (Gustavo) e Denílson (Yuri). Técnico: Karmino Colambini.