Jogo na Vila Capanema foi marcado pelo excesso de passes errados e de faltas cometidas.

Jogo na Vila Capanema foi marcado pelo excesso de passes errados e de faltas cometidas. (Foto: Assessoria de imprensa JEC)

Daniel Piva
25/06/2016
18:15
Curitiba (PR)

Em uma partida com poucos lances de emoção, o Paraná derrotou o Joinville por 1 a 0 na tarde deste sábado, na Vila Capanema. O resultado gera tranquilidade para o time paranaense, que assumiu a décima colocação da Série B.

O jogo começou truncado, com os dois times errando muitos passes no meio de campo. Quando o toque não era interceptado, alguma irregularidade era marcada (somente na primeira etapa foram marcados seis impedimentos e 16 faltas).

Assim, os lances perigosos eram escassos. O Paraná só assustou o goleiro Oliveira aos 24 minutos, quando Murilo Rangel apareceu em boa condição na entrada da área, mas chutou fraco para fácil defesa do arqueiro do clube catarinense.

Aos porcos, o Paraná foi chegando - sem levar grande perigo - e acabou premiado com um gol no final do primeiro tempo. Aos 44 minutos, Lúcio Flávio recebeu um bom passe de Murilo Rangel, mas ao entrar na área se chocou com o adversário e caiu. Mesmo no chão conseguiu servir o atacante Róbson, que  chutou forte para abrir o placar na Vila Capanema.

- O jogo está difícil. Temos que colocar a bola no chão e ter calma para não errarmos tantos passes - afirmou Róbson no intervalo.

No segundo tempo os erros de passes persistiram (no total, fora 100 toques errados). No entanto, o Paraná teve o domínio da ação em boa parte da etapa final. As melhores chances paranistas ocorreram aos 20 e aos 29 minutos, quando Murilo Rangel e Róbson exigiram boas defesas do goleiro Oliveira. E aos 37, Henrique pediu um pênalti do arqueiro do JEC, mas o árbitro nada marcou.

Assim, o placar ficou mesmo de 1 a 0 para o Paraná Clube, que obteve a primeira vitória sob o comando do técnico Marcelo Martelotte.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1X0 JOINVILLE

Local: Vila Capanema, em Curitiba (PR).
Data-Hora: 25/6/2016 - 16h (horário de Brasília).
Árbitro: Mayron dos Reis Novais (MA).
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e José Araújo Sabino (DF).
Público/Renda: Pagante 2.263/ Total 3.200/ Renda: R$ 47.555,00.
Cartões amarelos: Everton Silva (Joinville) e Pitty (Paraná).
Cartão vermelho: Nenhum.
Gols: Róbson (Paraná) - aos 44`do 1º T.

PARANÁ: Marcos; Diego Tavares, Pitty, Allison e Fernandes; Basso, Leandro Silva, Válber (Henrique), Murilo Rangel (Claudevan) e Róbson; Lúcio Flávio (Robert). Técnico: Marcelo Martelotte.

JOINVILLE: Oliveira; Everton Silva (Bertotto), Ligger, Bruno Aguiar e Diego; Paulinho Dias, Naldo e Pereira (Murilo); Fernado Viana (William Barbio), Dodô e Gabriel Vasconcellos. Técnico: Hemerson Maria.