Parana x Atletico PR

Jogo foi de poucas emoções na Vila Capanema (Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Lancepress!)

LANCE!
27/05/2018
13:15
Curitiba (PR)

Um 0 a 0 que acabou sendo ruim para todo mundo. Paraná Clube e Atlético-PR disputaram o clássico na manhã deste domingo, na Vila Capanema, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Com muita marcação e pouca inspiração, o placar ficou mesmo fechado, o que só ampliou o jejum dos dois clubes: o Tricolor segue sem vencer na competição, enquanto o Furacão completa nove partidas sem ganhar.

A primeira boa chance foi atleticana, com Camacho. Aos cinco minutos, Nikão ajeitou para o meio-campista, que chutou forte da entrada da área, mas pela linha de fundo.

No entanto, essa foi a única jogada perigosa do Atlético-PR na etapa inicial. O Paraná se acertou defensivamente e conseguiu levar algum perigo contra a meta do goleiro Santos. As melhores foram com os volantes Torito Gonzalez, que chutou por cima, e Leandro Vilela, que mandou na trave.

Na etapa final o desenho seguiu o mesmo: o Atlético-PR com a bola e o Paraná buscando os contra-ataques. Desta forma, o time paranista teve duas ótimas chances, ambas com Caio Henrique, mas o meia não estava com a pontaria em dia e mandou ambas para fora. Já o Furacão teve uma ótima oportunidade com Nikão, que exigiu boa defesa do goleiro Santos.

O Paraná ainda reclamou de um pênalti não marcado em cima de Léo Itaperuna, em lance envolvendo o zagueiro José Ivaldo. O árbitro nada marcou, o que confirmou o placar de 0 a 0 na Vila Capanema.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 0 X 0 ATLÉTICO-PR


Local: Vila Capanema.
Data: Domingo, 27 de maio de 2018.
Horário: 11h.
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP).
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP).
Público e renda: 6.446 pagantes | 7.450 total | R$ 146.405,00.
Cartões amarelos: Júnior, Neris e Leandro Vilela (PRC); Guilherme (CAP).

Paraná: Thiago Rodrigues; Júnior, Neris, Cleber Reis e Mansur; Leandro Vilela (Carlos Eduardo/ 19`2ºT), Torito (Léo Itaperuna/ 34`2ºT), Jhonny Lucas e Caio Henrique; Silvinho (Guilherme Biteco/ 41`2ºT) e Carlos. Técnico: Rogério Micale.

Atlético: Santos; Wanderson, Zé Ivaldo e Thiago Heleno; Matheus Rossetto, Camacho, Lucho González (Bruno Guimarães/ 45`2ºT) e Thiago Carleto; Nikão, Guilherme (Raphael Veiga/ 45`2ºT) e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.